segunda-feira, 21 de outubro de 2019

author photo

Mulher acusa Fadi Faraj de abuso sexual: “Pegou na minha vagina”
Pastor da igreja Ministério da Fé, em Taguatinga, é acusado por quatro ex-fiéis. Caso chegou ao Ministério Público do DF
Uma das quatro mulheres que denunciaram o pastor Fadi Faraj por abuso sexual conversou com o Metrópoles nesta segunda-feira (21/10/2019). Por telefone, Isabela*, 27 anos, contou ter sido chamada por Fadi a uma salinha de oração da igreja Ministério da Fé, em Taguatinga, onde o pastor e líder do templo teria apalpado os seios dela sob o pretexto de “orar para livrá-la de um mioma”.
“Ele me chamou para fazer oração e eu fui na inocência. Chegando lá, ele orou, pegou nos meus seios e desceu para as genitais. Pegou na minha vagina. Saí correndo e nunca mais voltei àquela igreja”, disse.
A fiel diz ainda ter sentido muita vergonha. Segundo ela, o caso ocorreu em 2010, mas só agora, nove anos depois, ela teve coragem de denunciar Fadi. “Não quero que ninguém mais passe por isso. As pessoas têm medo de contar, mas precisam denunciar”, afirmou.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA