sábado, 30 de novembro de 2019

author photo
Wagner Pires de Sá foi ameaçado por torcedores do Cruzeiro Alisson Guimarães/Divulgação

Cruzeirenses ameaçam presidente e citam 'morte de jogadores' em vídeo
Atualmente na zona de rebaixamento, equipe, que vem de derrota para o CSA, decidiu trocar de técnico e apostou na contratação de Adílson Batista
A situação do Cruzeiro está de mal a pior. Em um vídeo que circula nas redes sociais, torcedores abordam o presidente Wagner Pires de Sá na saída do clube poliesportivo do Barro Preto, em Belo Horizonte e o cobraram pelos resultados ruins e até mesmo ameaçaram os jogadores caso a equipe confirme o rebaixamento para a segunda divisão.
"Pelo amor de Deus, não deixa isso acontecer, não! Mas se esse Thiago Neves continuar fazendo isso, vai ter... Você já ouviu falar no futebol brasileiro que teve morte de jogador porque time foi rebaixado? Nunca, né?! Vai acabar acontecendo isso", disse um dos torcedores a Wagner, que, mantendo a calma, respondeu:
"Tem umas coisas que a gente não entende. Os caras jogaram bola, até no início do ano era o melhor time. De repente, pararam de jogar bola", lamentou ele, para em seguida ser mais uma vez cobrado pelo grupo.
Atualmente com 36 pontos, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação do Brasileirão. Para evitar a queda, precisa de bons resultados nas últimas três partidas do torneio nacional. Na próxima segunda-feira, a equipe, agora comandada por Adílson Batista, encara o Vasco fora de casa.
your advertise here

Este post tem 0 Comentários

Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA