segunda-feira, 4 de novembro de 2019

author photo

Em uma tentativa de alinhar o órgão federal à ideologia de seu governo, o presidente Jair Bolsonaro exonerou nesta segunda-feira (4), o pianista Miguel Proença do posto de presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes).
A demissão, assinada pelo ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil), foi publicada no Diário Oficial da União. Para o seu lugar, o principal cotado é o atual diretor do Centro de Artes Cênicas, o dramaturgo bolsonarista Roberto Alvim.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA