Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Facincani se desculpa por debochar de torcedor que comia arroz com ovo: “Fui muito grosseiro e estúpido”

Facincani se desculpa por debochar de torcedor que comia arroz com ovo: “Fui muito grosseiro e estúpido” Jornalista do Fox Sports causou r...


Facincani se desculpa por debochar de torcedor que comia arroz com ovo: “Fui muito grosseiro e estúpido”
Jornalista do Fox Sports causou revolta nas redes sociais ao dizer que não dava arroz com ovo nem para sua cachorra. Facincani admitiu que a “brincadeira” não foi legal
O comentarista Felippe Facincani se desculpou ao vivo, durante o programa Expediente Futebol, nesta terça-feira (12), por ter debochado do telespectador que apareceu no Fox Sports Rádio, na última segunda-feira, comendo arroz com ovo. O jornalista chegou dizer que não dava “isso” nem para seu cachorro e causou polêmica e revolta nas redes sociais.
“Antes de começar o programa eu queria pedir um pouco de licença para pedir desculpas ao Brasil, aos meus companheiros do Fox Sports, inclusive pra quem ontem se sentiu ofendido com uma brincadeira de muito mal gosto, equivocada da minha parte. Fui brincar no Fox Sports Rádio com um cidadão e acabei colocando de uma forma muito grosseira, uma zoeira que não pegou legal”, disse Facincani nesta terça.
Em nenhum momento eu sou uma pessoa que tem algum tipo de preconceito racial ou social, principalmente com algo tão sagrado, que é a refeição. Por ironia do destino, hoje eu almocei arroz, feijão e omelete, que foi a brincadeira que eu fiz em relação ao cara que ali estava em um aspecto que não estava muito bonito, enfim. Eu fui muito grosseiro e muito estúpido”, admitiu o jornalista.
Além de pedir desculpas aos telespectadores e ao rapaz que aparece no vídeo, Facincani também se desculpou com a emissora em que trabalha e com os companheiros de bancada. “Então a todos que estão do outro lado tentando enxergar uma situação equivocada da minha parte, ou um caráter que possa ser duvidoso. peço desculpas porque isso não faz parte da minha educação, em especial da empresa a qual eu trabalho, que me dá todo o suporte e, principalmente, toda a educação.”