Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Fusão do PSL com outro partido esbarra em interesses nos estados

Fusão do PSL com outro partido esbarra em interesses nos estados Parlamentares de SP, GO e PB veem empecilhos na união com o DEM. Parlamen...


Fusão do PSL com outro partido esbarra em interesses nos estados
Parlamentares de SP, GO e PB veem empecilhos na união com o DEM. Parlamentares dizem não ver "vantagem" na aliança com outras siglas menores
o mesmo tempo que o presidente Jair Bolsonaro anunciava a sua saída do PSL a um grupo cada vez mais restrito de deputados e senadores, o presidente do seu ex-partido mirava no futuro da sigla. Com uma bancada reduzida a partir da debandada dos bolsonaristas, uma das soluções para manter o agrupamento forte seria a fusão com outro partido. Cogitou-se, em um primeiro momento, o DEM, o Pros e o PSC. Qualquer que seja a escolha, porém, Bivar terá de lidar com os interesses de seus deputados nos estados.
É o caso, por exemplo, do deputado Coronel Tadeu (SP). Militar e paulista, ele é oposição declarada aos governos do PSDB, que há décadas controlam o governo estadual. O DEM é o principal aliado dos tucanos e tem a vaga do vice-governador, ocupada por Rodrigo Garcia.
“O que faria do lado do DEM, que está do lado do [João] Doria, que é o governador que não apoiamos?”, questionou. Na mesma linha, ele disse não ver necessidade de juntar as bancadas com PSC ou Pros, partidos menores e com pouca relevância no Parlamento quando comparados, por exemplo, ao DEM, que tem o presidente da Câmara e o do Senado.