domingo, 1 de dezembro de 2019

author photo
FOTO: REPRODUÇÃO

De um lado: festa. Do outro: cheirinho e pressão. Flamengo e Palmeiras vivem momentos opostos dentro e fora dos gramados neste final de temporada. Se para a equipe carioca o confronto é visto apenas como teste antes do Mundial de Clubes, para os paulistas pode significar novos rumos – principalmente para Mano Menezes. Há, sim, uma enorme possibilidade de demissão em caso de derrota (assim como ocorreu com Felipão, desligado após o revés para o Mais Querido no Maracanã). O jornalista André Hernan explicou a razão pelo qual este encontro, que pouco representa para o Rubro-Negro, é tido como decisivo para o Alviverde.
– O Mano entende que há uma necessidade para o time corresponder, se quiser projetar algo no clube ano que vem. 
Ele precisa deste jogo contra o Flamengo. Não só no placar, mas ter uma boa atuação. 
Os líderes do Palmeiras estão empenhados em entregar algo diferente neste jogo contra o Flamengo. 
É emblemático para eles. Afinal, é o campeão da Libertadores e do Brasileiro. 
O Palmeiras vai babando para este jogo e querendo muito um bom resultado. Existe uma pressão grande -, explicou durante o podcast ‘GE Palmeiras’.
Mano Menezes e Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, são os principais alvos dos recentes protestos por resultados e, principalmente, pela saída de ambos. Sem vencer há quatro rodadas das últimas cinco disputadas – duas derrotas e dois empates -, o Alviverde ainda perdeu posição para o Santos (ambos somam 68 pontos, mas o Peixe vence no critério de desempate).
Sabendo da importância deste clássico, Mano Menezes ignorou as lições trazidas por Jorge Jesus e optou pelo time misto na última rodada, contra o Fluminense. A derrota para um adversário que luta contra o rebaixamento aumentou a pressão interna por resultados no Palmeiras. 
Por isso, o jogo contra o Flamengo representa uma ‘decisão’ para a equipe paulista.
Pelo lado da celebração, Jorge Jesus, campeão da Libertadores e do Brasileiro em cinco meses, não contará com Everton Ribeiro (lesionado) e Pablo Marí (liberado para ir à Espanha) neste duelo considerado apenas um ‘teste’ por torcedores flamenguistas. 
O Flamengo está invicto há 27 rodadas – 22 vitórias e cinco empates.
your advertise here

Este post tem 0 Comentários

Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA