Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Publicidade

Últimas notícias

latest

Administração de Ceilândia realiza ações de combate a enchentes

Mais de 4 mil bocas de lobo foram limpas desde janeiro na região. Em cinco dias de operação, cerca de 180 toneladas de material inservível t...


Mais de 4 mil bocas de lobo foram limpas desde janeiro na região. Em cinco dias de operação, cerca de 180 toneladas de material inservível também foram retiradas da cidade.

Mesmo antes de começar o período das chuvas, a Administração Regional de Ceilândia, em parceria com a Novacap e o GDF Presente, tem realizado diversas operações para combater as enchentes na região. Equipes atuam diariamente na limpeza de terrenos públicos e bocas de lobo. Desde janeiro cerca de 4 mil bocas de lobo já foram limpas na maior cidade do Distrito Federal.
Nos bueiros são retirados todo tipo de material como entulho, madeiras, eletrodomésticos, pneus e embalagens plásticas. A administração de Ceilândia ressalta o que mais afeta e compromete a captação e escoamento das águas das chuvas é o descarte irregular do lixo, já que a cidade possui uma das maiores redes de águas pluviais do DF. Assim sendo, ela pede que a população não jogue lixo em via pública.

Operação limpeza

Em cinco dias de operação – 19 a 23 de outubro-, foram retiradas da cidade cerca de 180 toneladas de material inservível. Equipes atuaram na limpeza de áreas públicas e poda de árvores na QNM 15 e 19/21, em Ceilândia Sul, QNM 12,16 e 22, em Ceilândia Norte, na remoção de entulho na QNP 1/5 P Norte, QNP 16, 22/26 P Sul, poda de árvore na QNO 18/19 – Escola Classe 56- Expansão Setor O.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que com o começo do período chuvoso, equipes estão atuando em diversas frentes para atender todas as demandas e dar as respostas aos cidadãos com mais celeridade.

“ Começamos um trabalho preventivo há meses antes das chuvas! As ações no decorrer do ano são essenciais para que, no período das chuvas mais intensas, os transtornos sejam menores. Intensificamos as operações que envolvem limpeza de bocas de lobo, manutenção preventiva da rede pluvial, poda ou erradicação de árvores sob risco de tombamento, remoção de lixo e materiais de construção e resíduos de obras deixados indevidamente nas vias públicas”, ressalta Marcelo Piauí.









Nenhum comentário