Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Confira os artistas para ficar de olho em 2021 de acordo com o YouTube

Confira os artistas para ficar de olho em 2021 de acordo com o YouTube Japinha Conde, Majur, Guga Nandes e Tarcísio do Acordeon são alguns d...


Confira os artistas para ficar de olho em 2021 de acordo com o YouTube
Japinha Conde, Majur, Guga Nandes e Tarcísio do Acordeon são alguns dos destaques de 2021, segundo o YouTube. Confira a lista completa.
É sempre bom descobrir novos artistas e gêneros musicais e o início do ano é um momento propício para isso. Após um 2020 marcado pelo piseiro, pelo brega funk, pelo pagode e pelo sertanejo, o YouTube aposta em outros nomes, baseando-se em dados da plataforma. Entre conhecidos do público e novos nomes, confira os 10 potenciais sucessos deste ano:
Elana Dara (R&B/ Pop)

Sempre acompanhada do violão, a curitibana Elana Dara é uma das apostas do pop nacional com uma sonoridade que transita pelo pop, pelo R&B, pelo trap e pela MPB. Em 2020, ela lançou quatro singles, entre eles Ninguém dá certo cmg, com mais de 7 milhões de views no YouTube, além de parcerias com nomes como Nilo, Papatinho, PK e Xamã. Para 2021, Elana pretende lançar mais um single e prepara o primeiro EP autoral.

Guga Nandes (Pagode)

Guga Nandes é a nova aposta de pagode no Brasil. O cantor carioca iniciou na música cantando na igreja e em programas de calouros na TV. Apadrinhado por Mumuzinho e Ferrugem, viralizou em 2020 com a faixa Presentinho, do projeto Pra não desgrudar, que também virou DVD. Este ano, iniciou uma proposta que prevê lançamentos de EPs pela Universal Music.

Japinha Conde (Forró)

Natural do Rio de Janeiro, Lorraine Silva, a Japinha Conde, assumiu os vocais do grupo Conde do Forró em maio de 2020 e virou sucesso instantâneo, impulsionada por Romance desapegado, hit que soma mais de 180 milhões de views no YouTube. Ascensão meteórica que fez o tradicional grupo de forró eletrônico apostar as fichas na carismática vocalista, que promete voar ainda mais alto em 2021, com regravações de canções da banda e parcerias com grandes nomes da música brasileira.

Kyan (Rap)

Mesquita da Silva cresceu na Praia Grande, na Baixada Santista, ouvindo os relíquias locais do funk ostentação. Após quase desistir da música em 2019, ele partiu para o trap, deixou de ser Renan MC e renasceu como Kyan. Aliando-se ao produtor MU540 e atualmente como parte do time da Ceia, ao lado de nomes como Djonga e Clara Lima, Kyan promete lançar singles com grandes participações em 2021.

Majur (MPB)

Majur dos Santos Conceição nasceu em Salvador, na Bahia. Começou a cantar aos 5 anos e, em 2016, montou uma banda para se apresentar nas noites da cidade. Lançou o primeiro trabalho em 2018, Colorir, um EP com três faixas. Em junho de 2019, apareceu como artista convidada na música AmarElo, junto de Emicida e Pabllo Vittar. Lançou o primeiro single solo em agosto do mesmo ano, 20ver. O ano de 2021 promete o lançamento do primeiro álbum, que será dividido em duas partes.

Mariana & Mateus (Sertanejo)

Os irmãos Mariana & Mateus, de Londrina, cantam desde pequenos. Eles se arriscam por diversas variações do sertanejo - modão, vaneira, funknejo, romântico -, e já gravaram com Naiara Azevedo e Thaeme & Thiago. O EP Lado a lado - Vol. 01, que conta com o hit Ela na farra e eu na fossa, com mais de 2 milhões de views no YouTube, fechou o ano da dupla em alta. O ritmo de lançamentos deve se repetir em 2021, que já começa com a segunda parte do EP. 

Petter Ferraz (Bregadeira/Brega Funk)

Aos 25 anos, o baiano João Paulo Oliveira Nascimento, mais conhecido como Petter Ferraz, viu a vida mudar graças ao hit Amor ou o litrão, bregadeira que produziu e canta ao lado de Menor Nico, e que soma mais 100 milhões de views no YouTube. Há dois anos dedicado 100% à música, Petter entrou em 2021 com outro sucesso, Minha crush me bloqueou, repetindo a parceria com Nico. O vídeo conta com mais de 10 milhões de views e Petter promete outros sucessos ao longo do ano.

Salvador da Rima (Funk consciente)

Fábio Gabriel Araújo Salvador começou a carreira fazendo versos nas batalhas de rima da cidade de São Paulo. Nascido e criado na zona leste da cidade, Salvador da Rima transita entre o rap e o funk e consagrou o nome dele na Batalha da Aldeia, ficando ainda mais conhecido depois do vídeo viral rimando em um vagão do metrô no Rio de Janeiro. O artista é um dos nomes da faixa Ilusão (Cracolândia), que ultrapassou os 120 milhões de views no YouTube, e em 2021 lançará o primeiro álbum.

Samuel Messias (Gospel)

O cantor e compositor carioca Samuel Messias chamou a atenção da gravadora MK Music por meio de uma composição própria, Prioridade, que se tornou hit na voz da cantora Midian Lima com mais de 216 milhões de views no vídeo oficial no YouTube. Além de compor, ele revelou uma voz potente e interpretação marcante no primeiro EP, Planos de Deus. Aos cinco anos de idade, Samuel cantava e compunha as próprias músicas, ainda na adolescência, começou a escrever e, logo depois, fez parte de um grupo vocal, o MeloSweet.

Tarcísio do Acordeon (Forró)

Tarcísio do Acordeon é dono de um dos hits de 2021: Meia noite (você tem meu Whatsapp), canção com mais de 50 milhões de views no YouTube, do álbum Diferente dos iguais, lançado em dezembro de 2020. Natural de Campos Sales, no sertão do Ceará, o sanfoneiro de 27 anos tem voz sofrida e mistura a batida da pisadinha com o tradicional forró de vaquejada. Ele também é dono de sucessos como Nega e Roxinho, e tem tudo para ser um dos grandes nomes do ano.


Fonte: Correio Braziliense



Nenhum comentário