Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Apesar da malandragem na pesquisa, Bolsonaro vai bem

Apesar da malandragem na pesquisa, Bolsonaro vai bemMARCOS MACHADO 18/03/2021. RENATO RIELLA Entendo muito de pesquisa. Hoje, no Brasil, só ...

Apesar da malandragem na pesquisa, Bolsonaro vai bemMARCOS MACHADO 18/03/2021.


RENATO RIELLA
Entendo muito de pesquisa. Hoje, no Brasil, só levo em conta a pesquisa da Datafolha (as outras, por motivos diversos, não merecem minha confiança nesses levantamentos políticos nacionais).
Sei que esse instituto, ligado à Folha de S. Paulo, tem tendência de oposição. Mesmo assim, por enquanto, oferece resultado técnico confiável.
E a pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra que 56% da população aceita o Governo Bolsonaro.
Dentro desses 56%, o Governo Bolsonaro mantém a margem de 30% de Bom/Ótimo. É resultado incrível, diante de tanta notícia ruim.
Detalhe: outros 24% consideram o governo Regular e 2% não têm opinião sobre isso, o que dá os 56% de aceitação.
Aumentou a taxa de rejeição (Ruim/Péssimo) para 44%.
Neste auge de todas as crises, no desmoronamento do Ministro da Saúde e na guerra da imprensa, 44% é uma minoria útil ao Bolsonaro.
Conheço todas as malandragens de se fazer pesquisa. Tenho certeza que a Datafolha, inimiga do Bolsonaro, começou o questionário perguntando, de cara, se o povo aprova ou desaprova o trabalho do governo em relação à pandemia.
Nessa pergunta, feita desse jeito, claro que o resultado é negativo. Para 54% da população, a ação do governo na covid é Ruim/Péssima.
Mas vejam um detalhe técnico. Ao abrir a pesquisa com esta pergunta crítica na origem, a Datafolha induz o entrevistado a rejeitar o Governo na última pergunta (daí, o índice de 30% de Bom/Ótimo para o Governo é surpreendente, correspondendo a quase um terço de aprovação no Brasil).
Imaginem, então, que mais de 60 milhões de brasileiros estão com Bolsonaro para o que der e vier – apesar de tudo, no resultado da Datafolha.
Pesquisa é isso. Precisa ser analisada. Porém, acaba sendo publicada de forma linear, sem raciocínio. Quem lê acha que o Governo vai acabar amanhã.
Na verdade, pesquisa é a tendência do dia. Amanhã muda, para melhor ou pior, a depender do andar do tempo.
Interessante ver que, para 43% da população, o principal culpado pela crise da covid é Bolsonaro.
Muita incompetência dele e do Palácio do Planalto, que não conseguiram passar para o povo a verdade: o Governo Federal foi engessado, amordaçado e sabotado pelo Supremo Tribunal Federal, que repassou a responsabilidade da pandemia para prefeitos e governadores.
Mas, na pesquisa, só 17% das pessoas responsabilizam os governadores. E apenas 6% dizem que o culpado pela explosão da covid é o prefeito.
Daqui a pouco a vacina vai começar a fazer efeito e a fumaça baixa, alterando os números da próxima pesquisa.
Mas a reação nas futuras pesquisas vai depender de uma maior inteligência na estratégia política do Governo Bolsonaro. É preciso fazer contraponto às mentiras diárias, de forma organizada. Quem não responde bem vira culpado.

É fácil recuperar. Basta pensar.

Nenhum comentário