Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Nove deputados do PI votam a favor da volta do auxílio; Rejane Dias segue PT e vota “não”

Nove deputados federais do Piauí votaram a favor do texto-base da PEC emergencial aprovado em 2º turno pela Casa na tarde desta quinta-feira...


Nove deputados federais do Piauí votaram a favor do texto-base da PEC emergencial aprovado em 2º turno pela Casa na tarde desta quinta-feira feira (11/02). 
Apenas a deputada Rejane Dias (PT) deu voto contrário nos dois turnos. 
A proposta possibilita que o governo use R$ 44 bilhões para bancar uma nova versão do auxílio emergencial.
A assessoria da deputada explicou o posicionamento da parlamentar: Rejane Dias afirma que seguiu a orientação do Partido dos Trabalhadores e votou “Não”
A deputada e a sigla não concordam com o valor de R$ 44 bilhões, e argumentam que durante o ano de 2020 o valor aprovado ultrapassou o montante de R$ 300 milhões.

A assessoria de Rejane também acrescentou que “a PEC não trata só do auxílio. Trata de arrocho aos servidores, ao salário mínimo e atribui um conjunto pesado de restrição fiscal à União, aos estados e municípios, além disso, ela prevê um teto baixo para o auxílio, resultando na redução do valor e do público alvo”
Nesta versão do auxílio emergencial devem ser pagas a trabalhadores vulneráveis durante a pandemia 4 parcelas de R$ 250, em média.
Os demais deputados votaram sim nos dois turnos. 
Com exceção do deputado Merlong Solano (PT) que votou “não” em primeiro turno e “sim” no segundo.
Veja como ficou a votação dos parlamentares no segundo turno realizado nesta quinta (11):
Fabio Abreu(PL): sim
Flávio Nogueira (PDT): sim
Iracema Portella (PP): sim
Júlio Cesar (PSD): sim
Marcos A. Sampaio (MDB): sim
Margarete Coelho (PP): sim
Marina Santos (SDD): sim
Merlong Solano (PT): sim
Rejane Dias (PT): não
Átila Lira (PP)

Fonte : Oito Meia

Nenhum comentário