Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

“Não é digno”, diz viúva de Maguito Vilela sobre o prefeito de Goiânia

“Não é digno”, diz viúva de Maguito Vilela sobre o prefeito de Goiânia Flávia Teles publicou carta de resposta às falas do prefeito Rogério ...


“Não é digno”, diz viúva de Maguito Vilela sobre o prefeito de Goiânia
Flávia Teles publicou carta de resposta às falas do prefeito Rogério Cruz (Republicanos), que assumiu a prefeitura após a morte de Maguito

Goiânia – A esposa de Maguito Vilela (MDB), prefeito eleito de Goiânia e que morreu no dia 13 de janeiro deste ano, em decorrência de complicações da Covid-19, publicou no Twitter carta em que ela diz que o atual prefeito da cidade e que era vice da chapa, Rogério Cruz (Republicanos), não é digno da memória e do nome de Maguito.
“Como já foi dito pelos verdadeiros amigos de Maguito que deixaram a prefeitura recentemente, Rogério não representa mais o projeto que meu marido sonhou para Goiânia”, escreveu Flávia Teles.
A carta foi em reação a uma entrevista dada por Cruz nesta sexta-feira (9/4) ao jornal O Popular e à rádio CBN. 
Além disso, ela surge após a saída coletiva de 14 integrantes do MDB da prefeitura, que ocupavam cargos de primeiro escalão e que seguiram decisão da cúpula do partido em não integrar mais a gestão da cidade.
As discordâncias ficaram nítidas entre Rogério e o filho de Maguito, o ex-deputado federal e presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela. No anúncio de rompimento, feito na segunda-feira (5/4), Vilela disse que Goiânia “está em um voo às cegas”.
O MDB perdeu espaço na gestão da cidade, com a chegada e intervenção de integrantes do Republicanos (partido de Rogério Cruz) de outros locais do Brasil. Além dos 14 que anunciaram a saída na segunda-feira, outros sete integrantes já tinham sido exonerados da administração da cidade.
“Aproveito para pedir publicamente que Rogério Cruz retire do seu gabinete a foto de Maguito. Rogério não honra e não é digno do nome e da memória de Maguito”, escreveu a viúva de Maguito na carta publicada nesta sexta-feira.
Publicação da carta:
“Deixe Maguito descansar”
Flávia Teles pediu, ainda, na carta que Rogério Cruz toque a administração de Goiânia do jeito que quiser, mas que deixe Maguito descansar em paz.
“Para mim, já é muito duro ter que lidar todos os dias com a ausência dele. Agora, ter que conviver com a ausência do Maguito e ainda ouvir com declarações falsas e desrespeitosas é algo ainda mais doloroso. Senhor Rogério, respeite a memória de Maguito e a nossa família”, pediu.
Na segunda-feira, em resposta ao anúncio coletivo feito pelos integrantes do MDB, Cruz fez um pronunciamento logo em seguida, o qual abriu dizendo que não torceu pela morte de Maguito.
Ele disse, ainda, que daria continuidade ao projeto idealizado pelo companheiro de chapa e que a saída era de apenas parte do MDB. Vereadores do partido, que mantêm o apoio ao prefeito, estavam ao lado dele na hora do pronunciamento.
“Nunca demonstrou preocupação”
A esposa de Maguito diz na carta que Rogério nunca demonstrou preocupação com o estado de saúde esposo, no período de 83 dias em que ele esteve internado em São Paulo.
“A única vez que ele foi a São Paulo foi numa oportunidade em que tinha uma reunião com o bispo Edir Macedo naquela cidade. 
E, como ele mesmo disse a mim na ocasião, aproveitou ‘para dar uma passadinha no hospital'”, relatou na carta. Rogério Cruz é pastor licenciado da igreja Universal.
Flávia Teles escreveu, ainda: “Vale registrar que nos causou perplexidade o fato de Rogério, em declaração esta semana à imprensa, dizer que não torceu pela morte de Maguito, sem que ninguém tivesse o acusado ou sugerido isto”.

Fonte: Forte News

Nenhum comentário