Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Tarcísio comemora: governo federal leiloa mais de 800 quilômetros de rodovias

Tarcísio comemora: governo federal leiloa mais de 800 quilômetros de rodovias Consórcio vencedor terá a gestão das estradas por 35 anos e pr...


Tarcísio comemora: governo federal leiloa mais de 800 quilômetros de rodovias
Consórcio vencedor terá a gestão das estradas por 35 anos e prestará serviços como duplicação de pistas, além de ampliar a segurança.
Um total de 850,7 quilômetros de rodovias foram concedidos à iniciativa privada, nesta quinta-feira (29), em leilão promovido na Bolsa de Valores B3, em São Paulo/SP.
O vencedor foi o consórcio Eco 153 (EcoRodovias), que explorará o sistema rodoviário da BR-153/414/080/TO/GO por 35 anos. Nesse período, serão prestados serviços de infraestrutura, recuperação, conservação, manutenção, melhorias e ampliação de capacidade.
As rodovias receberão cerca de R$ 14 bilhões em investimentos, sendo R$ 6,2 bilhões de custos operacionais. 
O recurso será aplicado em serviços como duplicações, melhor segurança viária e a contratação de serviços ao usuário.
O consórcio vencedor ofereceu R$ 320 milhões em outorgas. 
O valor final do pedágio, por quilômetro, ficou em R$ 0,10218, após desconto máximo na tarifa de 16,25%.
O sistema rodoviário leiloado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e pelo Ministério da Infraestrutura é a principal ligação do Meio-Norte com o Centro-Sul do país.
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ressaltou que a concessão vai trazer mais desenvolvimento para uma rodovia de grande importância para o agronegócio brasileiro.
“Os investimentos que serão feitos são muito importantes, em segurança, tecnologia. Numa rodovia que é muito importante para o agronegócio pujante que vai crescer cada vez mais naquela região, se consolidando como grande atividade. E atrás do agronegócio vem a agroindústria. 
Uma região que tem tudo para crescer muito e nossa missão é prover infraestrutura para que isso aconteça”, declarou Tarcísio.
O ministro lembrou que esse é o primeiro leilão de rodovia no modelo híbrido, ou seja, que tem como principal critério a combinação entre o menor valor de tarifa e o maior valor de outorga fixa. “É o leilão que inaugura uma nova era nas nossas concessões de rodovias”, comemorou.

Com informações, Governo do Brasil.

Nenhum comentário