Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

ACM Neto ataca Doria: ‘Despreparo para liderar um projeto nacional’

ACM Neto ataca Doria: ‘Despreparo para liderar um projeto nacional’ Ida do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, para o PSDB abriu u...


ACM Neto ataca Doria: ‘Despreparo para liderar um projeto nacional’
Ida do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, para o PSDB abriu uma crise entre caciques do Democratas e João Doria.
A ida do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, para o PSDB, abriu uma crise entre os caciques do Democratas e o possível candidato tucano à Presidência da República em 2022, João Doria. 
O presidente nacional do DEM, ACM Neto, atacou o governador paulista em uma nota divulgada nesta sexta-feira, 14, e indicou que a legenda não deve apoiar o tucano no ano que vem.
“A mudança do vice-governador Rodrigo Garcia para o PSDB é fruto de uma inexplicável imposição estabelecida pelo governador de São Paulo, João Doria, cuja inabilidade política tem lhe rendido altíssima rejeição e afastado os seus aliados”, disparou o ex-prefeito de Salvador.
 “A postura desagregadora do governador de São Paulo amplia o seu isolamento político e reforça a percepção do seu despreparo para liderar um projeto nacional. O momento pede grandeza e compromisso dos homens públicos com o país. Não é hora de dividir, mas de agregar. 
O Democratas defende a união de forças, e que se deixem os interesses pessoais de lado.”
No texto, o presidente do DEM afirma ainda que o partido “espera preservar a longa história de parcerias construída” com o PSDB, que “possui lideranças e quadros nacionais que são capazes de colocar os objetivos comuns e os sonhos para o futuro do Brasil à frente de projetos pessoais”.
Como registramos mais cedo, há uma corrente no DEM que defende um convite para que o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, quadro histórico do PSDB e adversário de Doria internamente, se filie à sigla para disputar o Palácio dos Bandeirantes em 2022. Garcia deve ser o candidato apoiado por Doria para sua sucessão no Estado.

Nenhum comentário