Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Fim da relação? Ciro Gomes diz à Lula que não gostaria de ‘tratá-lo como amigo’ e que petista usa ‘gabinete do ódio’

O ex-governador do estado do Ceará, Ciro Gomes (PDT), segue suas críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo uma estratégia...


O ex-governador do estado do Ceará, Ciro Gomes (PDT), segue suas críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo uma estratégia de marketing, aparentemente, para atrair o eleitorado de esquerda para ele.
Em publicações em suas redes sociais, Ciro Gomes publicou uma série de tuítes nesta quarta-feira (19) com críticas ao petista, afirmando até mesmo que não gostaria de ‘tratá-lo como amigo’.
“Lula, não é que você não queira brigar. É que para isso você usa bajuladores e seu gabinete do ódio. O que você não quer é debater o país, os projetos, as coisas que o PT fez no poder. Então você reduz a política a uma briga de amigos, a afetos. O povo brasileiro não merece isso.”, escreveu Ciro.
“Estamos vivendo a maior crise de nossa história, temos que debater problemas e diferentes projetos com seriedade. Quero brigar contra a corrupção, a desindustrialização que você promoveu, a desigualdade que você manteve, os juros que seu governo pagou.”, acrescentou o pedetista.
Você pode se interessar: Antônia Fontenelle debocha de Lula e sai em defesa de Bolsonaro: “O planeta dos robôs tá dominado. O choro é livre”
“Mesmo porque, eu não gostaria de tratar você como amigo. Todo mundo sabe que você só considera amigo uma única pessoa no mundo: você próprio. Eu quero, sim, tratá-lo como oponente, em uma disputa política de alto nível, em torno de ideias, propostas, projetos e fatos.”, continuou.
Ciro ainda colocou a ‘culpa’ em Lula por Bolsonaro ter sido eleito presidente do Brasil.
Leia também: Senadores batem boca com Renan Calheiros: “O foco é o presidente” (Assista ao vídeo)
“Lembro: Você é o responsável pela tragédia do desastrado Bolsonaro. Ou você assume que 70% dos eleitores de SP, RJ, MG, Sul, Norte e Centro Oeste que votaram no Bolsonaro são fascistas e gado como sua corte chama?”.
Por fim, ele conclui:
“Respeite a inteligência do povo brasileiro, Lula. Quais são suas novas ideias? Qual seu verdadeiro projeto de nação? Se existir, aceito confrontá-los civilizadamente com o meu. Debato em qualquer dia, hora, meio ou território. Vamos debater o Brasil, não afetos pessoais.“

Fonte: Portal BR7

Nenhum comentário