Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

PF faz operação em Brasília contra corrupção no TCDF

PF faz operação em Brasília contra corrupção no TCDF A investigação apura crimes de advocacia administrativa , corrupção passiva, peculato, ...


PF faz operação em Brasília contra corrupção no TCDF
A investigação apura crimes de advocacia administrativa , corrupção passiva, peculato, falsidade ideológica e prevaricação
A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quarta-feira (26/5), mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra servidores do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). A ação foi batizada de Operação Pacare. Um dos alvos é a conselheira Anilcéia Luzia Machado.
A investigação apura crimes contra a administração pública, como peculato, emprego irregular de verbas ou rendas públicas, corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e falsidade ideológica praticados por agentes públicos e empresários.
O Metrópoles apurou que os investigadores buscam provas sobre possível troca de informações, intermediação e manipulação na distribuição de processos, dentro do TCDF, referentes à Operação Falso Negativo, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), que denunciou irregularidades na aquisição de testes para detecção da Covid-19. Em razão da investigação, foram presos o secretário de Saúde à época, Francisco Araújo Filho, e outros gestores da Secretaria de Saúde do DF.
Desta vez, indícios apontam que membros do TCDF podem ter recebido pagamentos de algumas empresas investigadas.
Cerca de 32 policiais federais cumprem oito mandados de busca e apreensão no Distrito Federal. As medidas foram determinadas pelo STJ em relação a dois inquéritos policiais que tramitam perante a Corte.
As investigações apuram desde o pagamento e recebimento de vantagens indevidas para a quitação de empenhos sem as observâncias dos requisitos legais até suposta intermediação e patrocínio de interesse privado junto ao TCDF.
Operação Pacare
O nome da operação faz alusão à palavra “pagar”, cuja origem etimológica vem do latim Pacare, “aplacar, satisfazer, apaziguar”.


Nenhum comentário