Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Brasília: Wilson Witzel não suporta embate com senadores governistas na CPI e pede para sair

Foto: site R7 noticias.com Wilson Witzel não suporta embate com senadores governistas na CPI e pede para sair O ex-governador do Rio de Jane...

Foto: site R7 noticias.com

Wilson Witzel não suporta embate com senadores governistas na CPI e pede para sair

O ex-governador do Rio de Janeiro começou seu depoimento atacando o governo federal, mas quando foi questionado sobre corrupção em seu governo não suportou e se retirou do plenário.
Nesta sexta-feira dia 16 de junho, foi o dia do depoimento do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. A saber, este depoimento era aguardado com muita expectativa pelos senadores governistas. Afinal, até ontem apenas pessoas ligadas ao governo federal eram convocadas para depor, e segundo a tropa de choque federal as irregularidades estão sob comando de governadores e prefeitos.
O clima na CPI começou tranquilo com os senadores de oposição fazendo perguntas que foram respondidas por Wilson Witzel já fazendo ataques ao governo federal. Por conseguinte, o ex-governador afirmou que o governo de Jair Bolsonaro criou narrativas contra os governadores.
De acordo com Witzel, Bolsonaro demorou na montagem de hospitais de campanha, instalação de novos leitos e implantação do Auxílio Emergencial. Para o ex-governador o presidente da República foi responsável por ‘sabotagem’ e ‘perseguição’ em relação aos governadores nesta pandemia.
‘Faço questão de desmascarar porque foi eleito mentindo’ afirmou Flávio Bolsonaro para Witzel
O depoimento do ex-governador que durou pouco mais de 3 horas teve seu momento mais tenso quando os senadores governistas começaram suas perguntas. A saber, o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente partiu para o ataque logo que recebeu a oportunidade.
De acordo com Flávio o ex-governador Wilson Witzel queria apenas fazer palanque político em cima da CPI da Covid. Mas que ele (Flávio Bolsonaro) fazia questão de desmascarar, e afirmou que Witzel tem sim culpa nas quase 500 mil mortes por Covid-19.
“Esse, sim, é o culpado. E vem aqui e cria um monte de narrativa mentirosa. E eu faço questão de desmascarar porque ele foi eleito mentindo, enganando a população do Rio de Janeiro, e se revelou depois que sentou naquela cadeira de governador", disse o filho do presidente.
Wilson Witzel não suporta pressão e pede para sair

Após alguns questionamentos que o deixaram muito constrangido o ex-governador do Rio de Janeiro (cassado por corrupção) pediu para se retirar do plenário, mas prometeu retornar se houvesse uma reunião reservada.
"Ele acabou de me comunicar que quer se retirar da sessão, e a gente não pode fazer absolutamente nada", disse o senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI. Por fim, os governistas afirmaram que a CPI está desmoralizada e que quando tem a oportunidade de investigar mais a fundo quem realmente precisa, eles (da oposição) simplesmente fazem ‘perguntas casadas’ para o depoente construir as narrativas contra o Governo Federal.
Em seu Twitter o senador governista Marcos Rogério concluiu o depoimento de Witzel na CPI da Covid-19 dizendo que a farça que o ex-governador alega contra si é a mesma farça que a CPI faz em relação ao presidente Jair Bolsonaro.

Twitter Marcos Rogério 
Twitter Flavio Bolsonaro 

Redação 
A Politica e o Poder 
E-e-mail apoliticaeopoder@gmail.com

Nenhum comentário