Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Presidente do PSL-DF, Manoel Arruda: “Bolsonaro será peça decisiva na eleição do DF”

Manoel Arruda Da coluna Eixo Capital/ANA MARIA CAMPOS Entrevista: Presidente do PSL-DF, Manoel Arruda “Anderson Torres irá ajudar muito Bras...

Manoel Arruda

Da coluna Eixo Capital/ANA MARIA CAMPOS
Entrevista: Presidente do PSL-DF, Manoel Arruda
“Anderson Torres irá ajudar muito Brasília, seja na Câmara, no Senado Federal ou até mesmo no Buriti”
Qual é o plano do PSL para as próximas eleições?
Sou um apaixonado por nossa cidade. Fui criado e formei família aqui. Quero o melhor para o Distrito Federal. Nosso “quadradinho” foi muito maltratado pela velha política, com foco em benefícios pessoais. 
Precisamos mudar de vez isso, temos conversado com vários grupos políticos. Sem dúvida, os mais de 87 milhões de votos que obtivemos nas eleições nacionais de 2018 exigem do PSL maior protagonismo, tanto em nível local, quanto nacional.
O senhor está na presidência do partido por indicação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres?
Meu relacionamento com o PSL começou à época da filiação do então deputado Jair Messias Bolsonaro. Fui colaborador e atuei como advogado para o partido. 
Em 2019, por confiança do presidente e do vice-presidente nacional, Luciano Bivar e Antônio de Rueda, fui chamado a auxiliar no fortalecimento da sigla no DF. 
O ministro Anderson Torres se tornou um grande amigo ao longo dessa caminhada. Ele também é um apaixonado por Brasília.
Ele será candidato? A que cargo?
Sem dúvida nenhuma, o ministro Anderson Torres já é um dos nomes fortes para a eleição em 2022. Seu legado de recordes históricos na Segurança Pública do DF, a sua proximidade com o presidente Bolsonaro e a relevância do cargo que hoje ele ocupa são provas indiscutíveis disso. Hoje, o desafio dele no Ministério da Justiça e Segurança Pública é enorme, mas não há dúvidas de que Anderson Torres irá ajudar muito Brasília, seja na Câmara, no Senado Federal ou até mesmo no Buriti.
O partido está na base de apoio à reeleição do governador Ibaneis Rocha?
Temos conversado com todas as vertentes, menos com as alinhadas com os ideais da esquerda, evidentemente. O governador Ibaneis Rocha é uma força política local e sabe muito bem da importância do PSL. Temos conversado com ele também, mas sempre ouvindo nossas bases.
E a deputada Bia Kicis? Vai continuar na legenda?
Tenho muito respeito e admiração pela deputada Bia Kicis. Ela é uma liderança no DF e tem que ser ouvida sempre. A decisão é dela. Temos muita afinidade.
Qual é o projeto do PSL para ela, caso fique no partido?
Como disse anteriormente, o PSL terá quadros competitivos e da confiança do eleitor.
 A deputada é parte fundamental nesse projeto.
Acredita que o presidente Jair Bolsonaro mantém um bom eleitorado no DF?
O Presidente é indiscutivelmente uma força política com altos índices de aprovação no DF. Ele será, sem dúvida alguma, peça decisiva no pleito que se aproxima.
E a pandemia? Vai atrapalhar quem for candidato e tiver o nome associado à crise?
A pandemia atrapalhou os planos de todos os governantes no Brasil e no mundo, mas, as soluções adotadas pelo governo estão surtindo efeito. 
O Brasil é um dos países que mais comprou vacinas e vem quebrando recordes diários sucessivos de vacinação. 
Em paralelo, a economia apresenta sinais de recuperação. Esse cenário é muito promissor para o Brasil.

Fonte: CB Poder 

Nenhum comentário