Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Rejeição com Exclusividade: Lula muda discurso e já pensa em não concorrer em 2022

Em entrevista concedida ao jornal francês ‘Le Monde’, publicada na última sexta-feira, 19, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece ...


Em entrevista concedida ao jornal francês ‘Le Monde’, publicada na última sexta-feira, 19, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece ter mudado sua posição quanto as eleições presidenciais que acontecerão no Brasil em 2022.
Após a divulgação da notícia da decisão tomada pelo ministro Edson Fachin, que anula as condenações e torna Lula elegível novamente, o ex-presidente deu diversas declarações, onde se colocou como a melhor opção que a esquerda teria, em um segundo turno contra o atual presidente Jair Bolsonaro.
No entanto, poucos dias depois de receber a notícia da anulação de suas condenações pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Lula aparenta já ter alterado seu discurso, ao notar que pode não ter tido a receptividade esperada vinda da população, quando se trata de sua candidatura.
Quando questionado sobre se candidatar para a presidência do país no ano de 2022, o ex-presidente respondeu falando que é difícil dar uma resposta nos dias de hoje. 
Além disso, referiu-se a sua idade como um possível empecilho para uma futura candidatura.
“Eu tenho 75 anos e em 2022, no momento das eleições, terei 77. Se eu continuar em boa forma e se houver um consenso entre os partidos progressistas desse país para que eu seja candidato, não vejo nenhum problema nisso” disse.
A nova postura de Lula causa estranheza, já que sempre se posicionou como protagonista politico da esquerda no país.

Lula que já foi chamado de “caudinho do PT”, e “exclusivista de esquerda” por vários políticos, até mesmo dentro do próprio partido, pode finalmente ter entendido que a decisão do STF, quanto a anulação, não ajudou muito na recuperação da sua imagem política. Ou, finalmente entendeu que passará um verdadeiro vexame caso opte por concorrer em 2022.

Nenhum comentário