Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

À QUEIMA-ROUPA: Deputada federal Celina Leão (PP-DF)

Como você vai votar no projeto sobre o voto impresso? Vou votar favorável ao voto impresso, mas eu tenho convicção, certeza da seriedade da...


Como você vai votar no projeto sobre o voto impresso?
Vou votar favorável ao voto impresso, mas eu tenho convicção, certeza da seriedade da justiça eleitoral no nosso país. Mas acho que uma forma de auditar é natural até para que não haja nenhum tipo de questionamento sobre as nossas eleições.
E no DF? Você tem uma relação próxima com Ibaneis Rocha. Seu partido pensa em indicá-la a vice na chapa do emedebista? Eu tenho uma relação muito próxima com o governador Ibaneis. Acredito no projeto dele, no trabalho dele, mas essa decisão de vice não é o nosso partido que toma. 
É uma decisão primeiro pensada pelo próprio governador Ibaneis, pela circunstância política e a escolha é muito pessoal dele e a gente respeita isso. Então, meu projeto é realmente uma reeleição e qualquer mudança disso é só mais para a frente, pensada com o grupo e se for melhor para o grupo. Mas essa decisão é do governador Ibaneis, única e exclusivamente dele.
Qual é o seu projeto? 
Não vale dizer que está cedo… Não estou dizendo que está cedo ou que está tarde para falar sobre isso. Eu só posso dizer que o meu projeto, o projeto que estamos montando dentro do partido é um projeto para eleger no mínimo três deputados distritais e de um a dois deputados federais. E o meu projeto é a reeleição.
Existe uma crise no seu partido, entre Arthur Lira e Ricardo Barros? 
A relação do Arthur com o Ricardo é uma relação madura, de muitos anos, tranquila e nada diferente, mesmo após toda essa perturbação, toda essa movimentação. 
Não há crise entre Arthur e Ricardo Barros. 
O nosso partido, o PP, está mais unido do que nunca. 
Nós temos esse sentimento sobre o comando nacional, o senador Ciro Nogueira. Então, acho que hoje o PP é o equilíbrio do Brasil. Realmente tem dado sustentabilidade ao governo Bolsonaro e governabilidade neste momento tão difícil.
Como você vê a denúncia do deputado Luís Miranda contra o líder do governo, Ricardo Barros, sobre um suposto lobby para compra da vacina Covaxin? 
Olha: é legítimo o deputado fazer qualquer tipo de fala, mas eu acredito muito na firmeza do Ricardo, na colocação que ele tem feito, na defesa dele. 
Então, eu realmente não acredito que houve nada de errado. 
Até mesmo porque uma acusação sem nenhum tipo de documento, sem nenhuma prova material sobre falas, palavras, cabe todas as coisas. 
Eu acredito que não houve, não aconteceu nada nesse sentido.
O que marca o seu mandato até agora? 
Acho que o que marca é que com a minha experiência política — já três mandatos — estar ajudando o nosso presidente, Arthur Lira, e fazer uma revolução no esporte do Distrito Federal, mudando a cara do esporte, democratizando o esporte, e também podendo representar as mulheres na Câmara Federal na coordenação da bancada feminina, o que me honra muito, me dá muito orgulho. 
Temos trabalhado muito, com a aprovação de muita legislação com o tema de mulheres. Esses três eixos marcam o meu mandato.


Nenhum comentário