Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Estreia de Hilda Furacão no Globoplay traz Ana Paula Arósio de volta

Resposta ao tempo (Cristovam Bastos/ Aldir Blanc) na dramática voz de Nana Caymmi anunciavam, em 1998, o início da minissérie Hilda Furacão,...


Resposta ao tempo (Cristovam Bastos/ Aldir Blanc) na dramática voz de Nana Caymmi anunciavam, em 1998, o início da minissérie Hilda Furacão, de Glória Perez. A produção chega segunda-feira (16/7) ao catálogo do Globoplay trazendo à tona um verdadeiro furacão que, como tal, arrebatou um país e sumiu: Ana Paula Arósio.
Hilda Furacão marcou a estreia da então estrela da dramaturgia do SBT na Globo. Vivendo o papel-título, Ana Paula era cercada de “serás”. Será que ela tem a força de uma Hilda Furacão? 
Será que não é só mais um rostinho bonito a estampar a capa dos cadernos de adolescentes? Será que atores tarimbados como Paulo Autran e Walderez de Barros não vão apagar a estreante?
Devastadora, Ana Paula foi derrubando um a um cada um desses “serás” e fez uma estreia e tanto na maior emissora do país. Linda, Ana Paula enchia a tela também com a força emprestada à personagem. Como é intensa essa atriz!
Outras novelas foram chegando, acertos como a Maria Eduarda de Os Maias (2001) e a Laura, de Ciranda de pedra (2008) foram se rareando, muito por causa de lacrimosas mocinhas. Ana Paula pôde muito mais. Pôde até, como uma diva furacão, desistir de tudo e se afastar das telinhas ? nos deixando meio que órfãos, à espera do novo ciclo dessa força da natureza.
Outros destaques de Hilda Furacão



A estreia de Hilda Furacão no streaming não vai nos deixar ainda mais saudosos apenas de Ana Paula. Outros atores e atrizes se destacaram na esmerada minissérie. A começar, claro, por Paulo Autran. Um dos maiores atores da história do teatro brasileiro era presença bissexta na televisão. 
E quando aparecia era uma festa! Não foi diferente com o tradicionalista padre Nélson, mentor de Frei Malthus, arrebatadora paixão de Hilda. Malthus era vivido por Rodrigo Santoro, num interessante contracenar de gerações.
Matheus Nachtergaele em sua primeira novela também brilhou como a travesti Cintura Fina, assim como Rosi Campos na pele de Maria Tomba Homem e Rogério Cardoso, dando vida a Ventura.
Rever Hilda Furacão vai ter um gostinho de saudade, com uma pitada de desejo que Ana Paula volte, sendo feliz, a brilhar na nossa tela.


Nenhum comentário