Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Mãe do Deputado Federal Daniel Silveira envia carta a Moraes e se desculpa pelo filho

Mãe de Daniel Silveira envia carta a Moraes e se desculpa pelo filho Ao ministro do Supremo, a mãe do deputado alega que o filho tem falhas,...


Mãe de Daniel Silveira envia carta a Moraes e se desculpa pelo filho
Ao ministro do Supremo, a mãe do deputado alega que o filho tem falhas, mas está "longe, muito longe, de ser um criminoso"
Dona Matildes Silveira, mãe do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), resolveu escrever no último dia 11 uma carta de próprio punho para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, na qual ela se desculpou pelas ofensas proferidas pelo filho contra o magistrado e a Corte e pediu a sua liberdade.
Silveira é réu no Supremo e está preso desde 24 de junho por violar o uso da tornozeleira eletrônica. 
O parlamentar, antes de ser preso, postou vídeo nas redes sociais atacando os ministros do STF, com especial destaque a Edson Fachin.
De acordo com o Valor Economico, na carta Matildes Silveira ressalta que a atitude do filho é “digna de repúdio e em nada contribui para um debate democrático e respeitoso”. No “bilhete”, ela ainda exalta o STF por ser “a última barreira entre a justiça e a injustiça”.
Matildes também fala da criação de Silveira, que, segundo ela, teve muito “amor, carinho e educação” e que “a falta de urbanidade, o desrespeito e a deselegância (com que tratou os ministros e a democracia) não condizem com os ensinamentos familiares que foram passados a ele”.
A mãe diz ainda o deputado é “um homem bom”, também se mostra envergonhada e afirmou que não estava pedindo a sua absolvição, apenas a chance de que ele responda em liberdade e possa voltar a ajudá-la nas atividades domésticas.
Mais sobre o assunto

A Mores, a mãe de Silveira conta que o filho tem falhas, mas está “longe, muito longe, de ser um criminoso”. Ela afirma que os ataques praticados pelo deputado não vão se repetir: “Me encarreguei pessoalmente de cuidar deste assunto.”
“Sou uma idosa viúva que já perdeu um filho jovem em morte prematura e que tem no Daniel a base para tudo, meu porto seguro, e tenho sofrido ofrido muito com toda essa situação, me colocando em uma situação análoga à perda de mais um filho”, disse.
O motivo para o contato com Moraes, segundo ela, é que “jamais passou panos quentes nas falhas cometidas” pelo parlamentar ao longo da vida. “Acredito veementemente que ele já entendeu que errou, pois conheço meu filho”.
O apelo continua e Matildes diz que Silveira perdeu o aniversário da filha de cinco anos em março, quando foi preso pela primeira vez (antes e ser beneficiado com a domiciliar), e agora pode perder o dela, no dia 24. “Gostaria de tê-lo perto de mim”
Por fim, Matildes faz um convite a Moraes: “Um dia, quem sabe, tomar um café pessoalmente, para uma conversa sobre dias melhores”.

Nenhum comentário