Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

"A CONTA CHEGOU" E QUEM ESTA PAGANDO É A POPULAÇÃO DE PADRE BERNARDO - GO

A CONTA CHEGOU: PADRE BERNARDO RECEBEU R$ 3,1 MILHÕES EM 2020 PARA COMBATER Á COVID-19, MAS INVESTIU EM MEDICAMENTOS SEM COMPROVAÇÃO CIENTIF...


A CONTA CHEGOU: PADRE BERNARDO RECEBEU R$ 3,1 MILHÕES EM 2020 PARA COMBATER Á COVID-19, MAS INVESTIU EM MEDICAMENTOS SEM COMPROVAÇÃO CIENTIFICA
O município goiano de Padre Bernardo recebeu R$ 3,1 milhões do Programa de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020) para combater a pandemia. 
Mas, infelizmente a antiga gestão preferiu investir em medicamentos sem comprovação cientifica.
De acordo com dados do Portal da Transparência foram utilizados R$ 2,2 milhões no ano de 2020 no combate ao vírus. 
Se os recursos tivessem sido aplicados de forma correta, como a aquisição de equipamentos e leitos de UTIs que garantissem atendimentos dignos aos pacientes com Covid-19, a população padre-bernardense estaria em uma situação mais confortável nessa segunda onda.
No entanto, não foi isso o que ocorreu. 
Quando os pacientes eram infectados pela Covid-19, eles precisavam se deslocar até o Distrito Federal ou para outros municípios goianos em busca de atendimento médico.
A atual administração iniciou os trabalhos no dia 1º de janeiro de 2021 com R$ 880 mil em caixa para combater o coronavírus no município. 
De pronto, o prefeito Joseleide Lázaro em conjunto com a equipe epidemiológica de Padre Bernardo criou uma direção para tratar apenas da Covid-19.
Além disso, ele se reuniu com os comerciantes antes de lançar os decretos, contratou 5 carros e 10 fiscais para conscientizar e fiscalizar o cumprimento das normas, contratou um médico infectologista, criou uma sala de estabilização com aparelhos para pacientes com Covid-19, iniciou a campanha de vacinação do público prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde, e tem realizadas inúmeras campanhas de prevenção no município, bem como em suas redes sociais.
Atualmente, a Prefeitura de Padre Bernardo está trabalhando na montagem de um Centro de Covid-19, na compra de uma ambulância de UTI móvel, um aparelho de teste de coronavírus e um tomógrafo, tudo isso para assegurar a saúde de toda população padre-bernardense.
Infelizmente, o Brasil atravessa seu pior momento desde o início da pandemia do coronavírus com recordes de óbitos. 
A segunda onda tem assolado todos os estados e municípios do Brasil.
A situação de Padre Bernardo não se trata de algo isolado, o mapa da pandemia em Goiás, aponta que todos os municípios estão em estado de calamidade. Isso se atribui ao fechamento precoce dos hospitais de campanhas, bem como o afrouxamento das restrições.
Ver um ex-prefeito debochando e criticando a equipe técnica que está na linha de frente da pandemia é desumano. 
Atenção, Claudiênio.
Os profissionais de saúde e a população padre-bernardense merecem respeito. 
O momento requer cuidado e união de todos para combater a Covid-19. Somente assim conseguiremos vencer essa batalha.

Nenhum comentário