Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Eleições 2022: Se concretizar, fusão entre DEM e PSL criará maior partido do país; tratativas avançam

O DEM e o PSL se articulam para a fusão. Depois de meses de negociação, as siglas devem formalizar o compromisso até outubro. Caso se concre...


O DEM e o PSL se articulam para a fusão. Depois de meses de negociação, as siglas devem formalizar o compromisso até outubro. Caso se concretize, será o maior partido político do país.
 A união dos dois incomoda o Palácio do Planalto.
A motivação para fusão é um jogo de ganha-ganha para ambos os lados. 
Desde a saída do presidente da república do partido, o PSL ficou rachado. 
Caso a sigla se una ao DEM, apoiadores de Bolsonaro, como Carla Zambellli e Bia Kicis devem migrar para outra legenda.
De outro lado, o DEM enxerga na fusão fôlego financeiro para lutar contra o processo de esvaziamento recente. 
Enquanto a sigla recebeu R$120 milhões do fundo eleitoral em 2020, o PSL recebeu R$200 milhões.
 A soma dos dois resultará em um total de R$320 milhões.
Com nomes importantes como ACM Neto, Ronaldo Caiado e Rodrigo Pacheco, o DEM faz as tratativas com forte expressão. 
Enquanto o presidente do Senado é um provável candidato a presidência e o ex-ministro da saúde, Henrique Mandetta, é um plano B, o PSL tem o apresentador José Luiz Datena como quem almeja o cargo do executivo federal. 
A intenção das siglas é lançar uma terceira via, para fazer frente a bolsonaristas e lulistas.
A união incomoda Bolsonaro, atualmente sem partido.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário