Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

GDF prorroga pagamento do IPTU e da TLP para lojas do centro de Taguatinga

GDF prorroga pagamento do IPTU e da TLP para lojas do centro de Taguatinga Empresários diretamente afetados pelas obras do túnel poderão opt...


GDF prorroga pagamento do IPTU e da TLP para lojas do centro de Taguatinga
Empresários diretamente afetados pelas obras do túnel poderão optar por pagar os impostos parcelados em até 24 meses
Empresas estabelecidas no centro de Taguatinga poderão pagar o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e a Taxa de Limpeza Pública (TLP) referentes a 2021 e 2022 apenas a partir de março de 2023. 
A prorrogação é uma forma de mitigar os impactos econômicos e financeiros causados pela execução das obras de construção do Túnel Rodoviário de Taguatinga, agravados pela pandemia de covid-19. Decreto com a autorização para o diferimento será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Distrito Federal.
Os empresários também vão poder optar por dividir os impostos em até 24 vezes, desde que o valor de cada parcela não seja menor que R$ 50.
 A medida vai beneficiar quase mil estabelecimentos, mas é preciso comprovar ter sido afetado pelas obras.
 A prorrogação vale apenas para lojas de comércio e serviços, não sendo aplicada a empresas de serviços financeiros ou que executam atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados, ou seja, os bancos.
2 milempregos são gerados pela obra do túnel, que vai beneficiar mais de 137 mil motoristas
De acordo com o secretário de Economia, André Clemente, os tributos das mil empresas da região somam pouco mais de R$ 3 milhões.
 “As obras para execução do Túnel de Taguatinga são esperadas há décadas pela população de Brasília e trarão um grande avanço para a infraestrutura do DF. 
Mas, para isso, alguns sacrifícios são necessários e, neste momento, os comerciantes da região enfrentam dificuldades em exercer suas atividades econômicas”, lembra o gestor.
Segundo ele, com a medida, o Governo do Distrito Federal está atendendo às necessidades que o momento exige. “Se por um lado a população precisa das obras, de outro, atento às reivindicações dos empreendedores neste momento de dificuldade econômica, o governador Ibaneis resolveu diferir os impostos de IPTU e TLP para dar um fôlego aos comerciantes da região”, explica André Clemente.
 “Assim, ao fim das obras, poderão voltar a exercer suas atividades normais em um ambiente novo e competitivo, gerando muito mais emprego, renda e arrecadação”, arremata o secretário.
Considerada uma das maiores obras viárias em andamento no país, o Túnel de Taguatinga chega a 45% de execução e está na fase de concretagem da laje
A prorrogação deverá ser requerida pelo interessado à Subsecretaria da Receita do DF. 
Mas para isto, é necessário que os prejuízos causados pela construção do túnel sejam atestados em declaração a ser expedida pela Administração Regional de Taguatinga.
 “O empresário deve nos procurar presencialmente que vamos comparar o endereço dele com o raio da obra. 
Só serão beneficiadas pelo decreto empresas que estiverem paralelas à obra”, afirma o administrador de Taguatinga, bispo Renato Andrade.
Segundo ele, os donos das lojas das quadras centrais de Taguatinga reclamam do baixo movimento de clientes e dos prejuízos causados pela obra. “Levamos essa reivindicação ao governador Ibaneis Rocha e ele determinou que a Secretaria de Economia fizesse os cálculos. 
A obra é muito importante para o governo e os impactos financeiros não eram tão grandes se comparados aos benefícios para as empresas”, destaca.
Túnel de Taguatinga
Considerada uma das maiores obras viárias em andamento no país, o Túnel de Taguatinga chega a 45% de execução e está na fase de concretagem da laje, ou seja, o preenchimento do teto do túnel com brita, areia, cimento e outros materiais em um metro de espessura.
O Túnel de Taguatinga conta com um investimento de R$ 275,7 milhões e gera cerca de dois mil empregos. 
Os serviços vão beneficiar mais de 137 mil motoristas, desafogando o trânsito da região.
Com previsão de entrega para 2022, a passagem subterrânea fará uma ligação para motoristas que trafegam no sentido Ceilândia, pela Avenida Elmo Serejo, além de oferecer uma via alternativa pela superfície para o centro de Taguatinga. 
Isso vai evitar a retenção de veículos nos semáforos do centro da cidade.
Com a conclusão da obra, os carros que estiverem na Avenida Elmo Serejo, sentido Plano Piloto, vão entrar pelo túnel e sair na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Do outro lado, aqueles que chegarem a Taguatinga pela EPTG também passarão pelo túnel até o início da Via Estádio, saindo logo após o viaduto da Avenida Samdu.
Vias marginais darão acesso às avenidas Comercial Sul e Norte e Samdu Sul e Norte. 
A passagem subterrânea terá 1.010 metros de extensão e vai contar com duas vias paralelas, cada uma com três pistas de rolagem em cada sentido.


Fonte: Agência Brasília 

Nenhum comentário