Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Homem procurado há quatro meses por estupro é preso após denúncia de ex-mulher

  De acordo com a PCDF, o homem de 49 anos estava foragido desde que estuprou uma mulher de 23 anos em Ceilândia. Na época, a vítima preciso...

 

De acordo com a PCDF, o homem de 49 anos estava foragido desde que estuprou uma mulher de 23 anos em Ceilândia. Na época, a vítima precisou pular do carro completamente nua para se salvar
Um homem de 49 anos foi preso por ser suspeito de estuprar uma mulher de 23 anos em junho deste ano em Ceilândia no Distrito Federal. A prisão foi feita na noite desta sexta-feira (12/11), após a ex-mulher dele avisar à polícia que ele havia voltado para casa depois de muito tempo foragido. Durante a ação policial, o homem tentou se esquivar apresentando um nome falso. Porém, ele foi levado à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher 2 (Deam).
O estupro pelo qual o homem era procurado ocorreu em junho, por volta de 2h da madrugada. Na época, a vítima caminhava pela Avenida Hélio Prates, próximo ao Hotel Brisa, quando foi abordada pelo indivíduo,
desconhecido, que conduzia uma Kombi, e lhe ofereceu carona. Ela tinha como destino a casa de um amigo em Ceilândia. Após alguns minutos de conversa, a vítima aceitou a oferta e entrou no carro.

Durante o trajeto, a mulher percebeu que o homem se desviou do caminho. Ao questioná-lo, ele ficou nervoso e entrou numa estrada de terra próximo da rua que passavam. Nesse momento, o acusado
estacionou o carro, se apoderou de uma tesoura grande de jardinagem e ameaçou a vítima, exigindo que
ela praticasse sexo oral nele e ficasse calada, senão iria matá-la. Durante o ato ele arrancou as roupas da
mulher, que ficou nua. Após as agressões e sob constante ameaça, a vítima conseguiu saltar pela janela do carro.

Quando viu que ela estava fugindo, o homem a atingiu na perna com a tesoura. A vítima, mesmo lesionada e nua, conseguiu correr e pedir ajuda em uma residência próxima, onde foi socorrida.

Buscas
As investigações foram ininterruptas até a descoberta da autoria do estupro. Durante o processo, foram colhidos elementos que comprovam a materialidade do crime, o que resultou na representação pela prisão preventiva do homem, decretada pela Justiça.
Desde julho desse ano, o autor estava foragido da Justiça e se escondendo da ação policial. No
entanto, nesta sexta, por volta das 23h, a ex-companheira do autor entrou em contato com os
investigadores do caso, afirmando que o homem, depois de muito tempo, estava na casa dela. Ela informou, ainda, que, ao perceber que ela tinha acessado o próprio celular, ele passou a ameaçá-la,
dizendo que iria cortar o pescoço dela, se o denunciasse à polícia.

O plantão policial compareceu ao local, efetuou a prisão do autor pelo crime de ameaça à ex-companheira, e deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva relativo ao procedimento de apuração do estupro, praticado em junho de 2021. Após os procedimentos, ele foi conduzido à carceragem da PCDF.

Onde pedir ajuda?
Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência — Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República
Telefone: 180 (disque-denúncia)

Centro de Atendimento à Mulher (Ceam)
» De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
» Locais: 102 Sul (Estação do Metrô), Ceilândia, Planaltina

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam)
» Entrequadra 204/205 Sul – Asa Sul
Telefone: (61) 3207-6172

Disque 100 — Ministério dos Direitos Humanos
Telefone: 100

Programa de Prevenção à Violência Doméstica (Provid) da Polícia Militar
Telefones: (61) 3910-1349 / (61) 3910-1350

Com informações do Correio Brasiliense

Nenhum comentário