Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

morto a bala jovem que teria pichado frases satânicas em muro de vizinhos

  Um jovem de 23 anos foi morto após ser alvejado por vários disparos de arma de fogo, na noite dessa segunda-feira (9/5), em Patrocínio, na...

 


Um jovem de 23 anos foi morto após ser alvejado por vários disparos de arma de fogo, na noite dessa segunda-feira (9/5), em Patrocínio, na região mineira do Alto Paranaíba. O crime aconteceu no cruzamento das ruas Suécia e Argentina, no bairro Nações.

De acordo com relatos de parentes à Polícia Militar (PM), Yuri Augusto Silva Felizari tinha problemas de relacionamentos na vizinhança. Ele estaria pichando muros de casas com dizeres satânicos e falando que compraria uma metralhadora para matar os moradores do bairro.

Em depoimento à PM, a mãe de Yuri disse que o filho era usuário de drogas, tinha problemas psiquiátricos e possuía um comportamento agressivo. Há cerca de um ano, ele havia saído do presídio. Em sua ficha constam ocorrências de homicídio, roubo e furto.

Quanto ao crime, algumas pessoas contaram à Polícia que ouviram os disparos de arma de fogo. Ao saírem de suas residências, depararam-se com a vítima caída ao solo, mas não viram nenhum suspeito.

Outra testemunha relatou que instantes depois do crime observou um homem correndo pela Avenida Argentina em direção à Rua Japão.

Vítima foi alvejada por sete tiros

A perícia técnica da Polícia Civil de Minas Gerais identificou sete perfurações de balas em Yuri Felizari: três no lado esquerdo do rosto, além de três no braço esquerdo e uma no braço direito.

Em seguida, o corpo da vítima foi encaminhado ao Posto Médico Legal de Patrocínio para se submeter aos exames cabíveis.

“Até momento, nenhum suspeito foi encaminhado à delegacia de plantão e um procedimento investigativo foi instaurado para apurar as circunstâncias, a motivação e a autoria do crime”, manifestou-se a PCMG por meio de nota.

Conforme a Funerária Nova Aliança, o sepultamento de Yuri Felizari foi realizado na tarde desta terça-feira (10/5), às 16h, no Cemitério Municipal de Patrocínio.

Com informações do Correio Brasiliense

Nenhum comentário