Page Nav

HIDE

Últimas notícias

latest
MSP Mercado do Seu Pet

RAÇÃO: PASTEL DOG 25KG ⇒ R$100,00 〉〉〉 BILLY DOG 25KG ⇒ R$110,00 〉〉〉 CAPITÃO DOG 20KG ⇒ R$110,00 〉〉〉 LOVE DOG 25KG ⇒ R$120,00 〉〉〉 BOMGUY CARNE COEX 25KG ⇒ R$155,00 〉〉〉 BESSER NATURAL 25KG ⇒ R$150,00 〉〉〉 FANNY DIA A DIA 25KG ⇒ R$150,00 〉〉〉 BESSER NATURAL 10KG ⇒ R$65,00 〉〉〉 Venha conhecer a loja na QD:03, Conj.10, Loja:21, Str:Norte, Avenida 09 de Julho, Estrutural - DF - Whatsapp (61) 99884-1258

Alexandre Correa entra com pedido de prisão para Edu Guedes

  Reprodução / Instagram Depois de receber mensagens do filho através do celular do chef, o empresário entrou com uma representação alegando...

 


Reprodução / Instagram

Depois de receber mensagens do filho através do celular do chef, o empresário entrou com uma representação alegando alienação parental

Como o carrossel parece jamais parar de girar, esta coluna acaba de receber mais uma notícia exclusiva e bombástica envolvendo Ana Hickmann, Alexandre Correa e Edu Guedes. E sentem-se, porque, dessa vez, a história conseguiu passar de qualquer limite, ganhando contornos ainda mais polêmicos e inesperados, dignos de um verdadeiro espetáculo jurídico que mistura doses de circo, sensacionalismo jurídico, um nebuloso divórcio e brigas processuais.

Em primeira mão, descobrimos que Alexandre Correa pediu que Edu Guedes e Ana Hickmann sejam multados em R$500 mil por constrangimento, coação e alienação parental contra criança. Além disso, pediu que Edu seja obrigado a se afastar do filho do ex-casal, Alezinho. Mas o pior ainda está por vir: Correa pediu que sejam adotadas as medidas cabíveis para prisão em flagrante do “agressor senhor Eduardo Sanches Guedes”.

Mas como isso tudo começou? Vamos explicar! A história teria tido início quando Ana Hickmann supostamente afirmou que Alexandre descumpriu a medida que o impedia de se aproximar dela com menos de 500 metros quando foi, junto de seu pai, um idoso, devolver o filho, Alezinho, após uma visita. Ela teria protocolado uma petição com essa narrativa, que segundo Correa é falsa, e o fez junto de seu namorado, aqui, o famoso Edu Guedes.

A conduta de Ana e Edu é chamada de coação processual contra Alexandre e o menor e estaria prevista no Código de Processo Penal Brasileiro. Eles ainda teriam ido além, quando teriam levado o filho menor de Ana e Alexandre para um local isolado, onde o menor ficou sem celular e sem contato com o pai. Eles teriam coagiado a criança a usar o telefone de Edu para falar com Alexandre. Todos esses eventos teriam acontecido, segundo a petição do advogado de Correa, um dia depois de Ana e Edu inventarem que o genitor de Alezinho teria descumprido a medida cautelar que determina o afastamento entre os ex-pombinhos.

O caso que antes já era confuso e complicado no âmbito cível, agora, virou caso de cadeia. Ou, por enquanto, apenas a pretensão de que alguém pare na cadeia, não é mesmo? As informações são exclusivas e foram extraídas de uma peça recém protocolada pela equipe de Correa.

Segundo relato de Alexandre, comumente, Hickmann e Guedes o esperavam na porta do condomínio para que Alezinho fosse entregue, a fim de constrangê-lo e, dessa forma, impedir que o filho e o pai tenha uma boa convivência, configurando desta forma, o que ele entende como alienação parental.

Entenda o caso:

O que era pra ser um dia normal de entrega do filho para a mãe, Ana Hickmann, tornou-se mais uma guerra judicial entre a apresentadora e o ex-marido, Alexandre Correa. Acontece, queridos leitores, que o empresário foi acompanhar o pai na devolução do menino, na última terça-feira (13/2), e acabou sendo acusado de descumprir a medida protetiva que o impede de se aproximar da ex-esposa.

Advogado do empresário, Ênio Murad conversou com a coluna, com exclusividade, e revelou detalhes do ocorrido. O representante legal de Alexandre Correa ainda acusa, judicialmente, Ana Hickmann e Edu Guedes de coagir seu cliente.

“Ana Hickmann está usando o filho pra tentar prender o Alexandre, acusando-o de quebrar a medida protetiva. No dia 13, Alexandre foi entregar o filho, junto com seu pai, que tem mais de 80 anos. Nesse caso, Alexandre vai dirigindo e fica na porta do condomínio aguardando. Assim, o pai de Alexandre, Seu Gustavo, entra na casa, leva o menino e volta”, começou o advogado.

Foi nesse tempo que o pai, idoso, levou o menino da portaria do condomínio até a casa de Ana Hickmann que tudo aconteceu: “Enquanto o pai de Alexandre estava levando o Alezinho, a Ana saiu com o Edu Guedes, passou do lado do Alexandre, sabendo que o pai estava lá dentro levando o menino. E agora ela está mentindo pra tentar prender o Alexandre, afirmando que ele ficou na portaria do condomínio após a entrega, mas ele não ficou. Ele ficou aguardando o pai dele, e a hora que o pai dele chegou, ele foi embora”, garantiu Ênio Murad.

Ainda durante a conversa com esta colunista que vos escreve, o advogado afirmou que da portaria do condomínio até a casa da apresentadora da Record dá mais de mil metros: “E o que temos a dizer sobre isso? Que o Alexandre está sendo perseguido até pelo amante da Ana. Porque a Ana Hickmann ainda é casada. Então, a relação dela com o Edu Guedes não é casamento, nem namoro. Ela é amante do Edu Guedes. E essas acusações são falsas e nós estamos pedindo as providências pro Alexandre se defender”, afirmou.

Na petição, os advogados de Ana Hickmann pedem que sejam verificadas as câmeras de segurança do condomínio, e que Edu Guedes seja ouvido como testemunha. Além disso, os representantes legais solicitam oitiva da equipe da portaria e da apresentadora, e quebra de registros telefônicos de Alexandre.

Por Fábia Oliveira - Metrópoles

Nenhum comentário