banner

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

author photo

Parlamentar teve 531 votos e recebe R$ 10 mil; professor que fez concurso: R$ 1,4 mil

Por Elton Santos
A discrepância rola solta na cidade vizinha do Distrito Federal, Formosa, em Goiás. E ela está na inversão de valores – no sentido real da palavra. Enquanto tem professor que ganha aproximadamente R$ 1,4 mil, um superintendente em função de confiança recebe quase R$ 9 mil.
Mas uma situação mais truanesca está na Câmara Municipal da cidade. Na eleição de 2012, quando os cerca 50 mil eleitores foram às urnas, elegeram 17 vereadores. Desses, 11 parlamentares não chegaram à faixa de mil votos de confiança. No entanto, o salário de cada um ultrapassa os R$ 10 mil.  Jeremias de Castro, do PC do B, foi escolhido por 531 eleitores.
Por pouco, a situação não fica pior. Em outubro do ano passado, se a população não pressionasse no plenário da Câmara, os vereadores teriam aprovado aumento de quase 50% dos salários deles, do prefeito, do vice e secretários. O prefeito, por exemplo, passaria receber R$ 25,3 mil mensais, que é mais do que o governador de Goiás recebe: R$ 25.052.
salario superintendente
Toda essa satisfação tem se traduzido em manifestações. Nesta quarta-feira, 3, Guardian DF esteve na cidade para acompanhar a situação. Puxado pelo presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Formosa-GO (Sinprefor), Alex Nunes, centenas de servidores reivindicavam o reajuste salarial, que não foi efetivado em 2015 e nem 2016.
Já são 16 dias de greve e a paralisação atinge praticamente todas as categorias: de merendeiros a professores, passando até pela Guarda Civil. Atualmente a estrutura do executivo de Formosa possui 2.912 servidores. Desses, 364 são de cargos comissionados, segundo o portal da transparência local.
Fundeb
O prefeito Itamar Barreto (PSD) – ex-administrador de Taguatinga no governo de Joaquim Roriz – já afirmou que não tem condições de pagar o reajuste dos servidores. E é nesse ponto onde o Sinprefor toca. Segundo a entidade, o governo federal repassou os valores reajustados do Fundeb  e teria que ter em caixa pelo menos R$ 1, 7 milhão, que foi o valor a mais de 2014 para 2015.
Quer mais um absurdo? Tem servidor que recebe menos que um salário mínimo: R$ 780.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade