banner

terça-feira, 27 de março de 2018

author photo

Programa oferece formação profissional e estágio em órgãos do Executivo local a jovens em situação de vulnerabilidade social. Governador Rollemberg participou da cerimônia no Centro de Convenções Ulysses Guimarães nesta terça (27)

Os 1.280 participantes do Brasília + Jovem Candango receberam certificados, nesta terça-feira (27), como comprovação das atividades de formação profissional e estágio em órgãos públicos do governo de Brasília.Os 1.280 participantes do Brasília + Jovem Candango receberam certificados, nesta terça-feira (27). Governador Rollemberg participou da cerimônia no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

A cerimônia de entrega dos documentos ocorreu no auditório máster do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

“São jovens que têm novos horizontes na vida. Aliaram o estudo ao trabalho e agora têm experiência para buscar novos empregos e um bom futuro para todos”, disse Rollemberg durante a cerimônia, ao destacar que os participantes do programa contribuíram com o governo.

Em 16 meses de vigência da etapa atual do programa, os adolescentes atuaram, durante quatro dias por semana como auxiliares técnicos de escritório nas unidades da administração pública direta e indireta.

Além disso, eles assistiram cursos e palestras com foco no preparo para o mundo do trabalho uma vez por semana. As formações foram ministradas por duas instituições parceiras do governo local: a Obras Sociais Jerônimo Candinho e a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi).


“SÃO JOVENS QUE TÊM NOVOS HORIZONTES NA VIDA. ALIARAM O ESTUDO AO TRABALHO E AGORA TÊM EXPERIÊNCIA PARA BUSCAR NOVOS EMPREGOS E UM BOM FUTURO PARA TODOS”RODRIGO ROLLEMBERG, GOVERNADOR DE BRASÍLIA

Nesse período, os adolescentes receberam uma bolsa mensal de R$ 1.052, incluídos vale-transporte e vale-alimentação.

Como política pública, o Jovem Candango promove o conhecimento profissional e a transferência de renda. Isso porque um dos critérios de seleção para o programa é a vulnerabilidade social e a inscrição da família no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

A iniciativa reforça o senso de responsabilidade dos jovens e os aproxima do mundo do trabalho. Foi o que destacou o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio de Paula Araújo.

“Muitos acabam se tornando a maior renda da casa e passam a desempenhar papel de arrimo de família. A convivência com servidores de carreira, em ambiente profissional, abre nova perspectiva de futuro para esses jovens”, afirmou.

Dessa forma, a autoestima dos participantes é fortalecida. “Com isso, eles se tornam referência na comunidade em que vivem”, garantiu Araújo. Em contrapartida, os adolescentes reforçam a prestação do serviço público. “Eles contribuem para o funcionamento dos órgãos”, constatou o secretário.

Esta é a segunda certificação de participantes da atual gestão. A primeira ocorreu em 11 de agosto de 2016, com o reconhecimento de 1,6 mil participantes.
Oportunidade de aprendizado

Brenda Freitas, de 16 anos, foi uma das jovens a receber o certificado durante a cerimônia. Estudante do Centro de Ensino Médio 1 de Sobradinho, ela mora com a mãe e o irmão de 10 anos.

Ela contou que soube da chance por amigos e publicações na internet. “Fiz meu cadastro, mas não tinha esperança, porque são muitas pessoas querendo apenas uma oportunidade. Me inscrevi, aguardei e fui chamada — na quarta chamada, mas fui”.

Entre as atividades que desempenhava no Instituto Brasília Ambiental (Ibram) estavam serviços auxiliares administrativos, entrega de processos e anexação de documentos.

“Com o Jovem Candango eu pude ter mais responsabilidade, conhecimento profissional. Com o apoio de todos eu tive a oportunidade de aprender bastante, de crescer, e hoje posso dizer que, se vier outra atividade, vou ter conhecimento para exercê-la”, destacou a jovem Brenda Freitas.
Metodologia do Brasília + Jovem Candango

Registrada pelo Ministério do Trabalho e Emprego e reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela Fundação Banco do Brasil, a metodologia do programa consiste em aulas de disciplinas diversas, como:
Administração
Contabilidade
Direito trabalhista
Almoxarifado
Atendimento ao público

Inclui também atividades práticas, por meio de contrato com órgãos públicos do DF, registro na carteira de trabalho e benefícios.

http://informatudodf.com.br/2018/03/27/certificado-do-jovem-candango-amplia-horizontes-de-mais-12-mil-adolescentes/
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade