banner

terça-feira, 27 de março de 2018

author photo

Uma nova Vicente Pires
Nomeado recentemente na administração de Vicente Pires, Charles Guerreiro afirmou em entrevista ao Alô Brasília que viveu durante anos na região e agora, à frente da administração, sabe do que a cidade precisa. As principais demandas da giram em torno de melhorias nas pistas, soluções para os alagamentos, dentre muitas outras. Confira abaixo a entrevista completa:

Quais as expectativas como novo administrador da cidade?
Tenho vivido nos últimos anos a realidade de morador de Vicente Pires, agora, à frente da administração tenho a real noção das demandas da cidade e não medirei esforços para levar essas soluções que a comunidade tanto almeja.

Como avalia a região, recebendo-a agora?
Vicente Pires há muitos anos sofria com a falta de investimentos. Temos que reconstruir junto a população o sentimento de orgulho por morar em Vicente Pires, vamos trabalhar muito e trazer a população para fazer parte desta nova realidade da cidade. O governador Rollemberg está empenhado em fazer as obras de infraestrutura e resolver de uma vez por todas as questões que tanto afligem a população, para isso determinou o investimento de cerca de 560 milhões para a cidade e estamos juntos para transformar esses recursos em qualidade de vida para a população.

Quais são os planos para o ano de 2018? Que projetos planeja cumprir em curto prazo?
Meu maior objetivo agora é restabelecer condições dignas de tráfego para a população, colocando nossas ruas em condições favoráveis. Vamos cobrar diuturnamente a conclusão por parte das empresas que estão realizando as obras, mas também teremos novidades na saúde, segurança e lazer, entre outros, há muito por fazer em nossa cidade.

Quais são as principais demandas dos moradores da cidade? Há planejamento para atendê-las?
Retomar a operação tapa-buracos e de recuperação das vias, restabelecendo o direito de circulação, está entre as principais demandas. Nossa comunidade é muito ativa e com a ajuda dos moradores e das entidades representativas da cidade já catalogamos as principais demandas na área de limpeza, mais postos de saúde, segurança e lazer entre outras. Estamos trabalhando muito, solucionando e buscando alternativas viáveis nos diversos órgãos de competência dentro do GDF.

O que a administração pode fazer a respeito do transporte público na região?
Na última semana o DFTRANS nos informou que duplicou o número de operações em Vicente Pires. Como esse aumento nas operações é recente, estamos em fase de avaliação do serviço para solicitarmos incrementos para as áreas que carecem de mais transporte na cidade.

Uma das queixas dos moradores é o ritmo das obras que parecem não ter fim, como por exemplo nas ruas 4 e 10. Qual a previsão de conclusão?
São obras grande e complexas, haja visto o valor que está sendo investido na cidade. A população tem toda a razão de cobrar, pois estas intervenções mexem com a vida de todos. Vale lembrar que estamos fazendo obra de infraestrutura em uma cidade já habitada e onde já existem diversas construções, dutos elétricos e hidráulicos entre outros detalhes que merecem atenção especial e que acabam onerando o tempo da realização. Ainda temos o fator climático, pois com chuva não há como trabalhar na pavimentação. Mesmo com essa complexidade estamos fiscalizando as obras e trabalhando para que sejam concluídos os trechos abertos o mais breve possível. De acordo com reunião na administração com as empreiteiras e o secretário de obras, só serão abertos novos trechos após a conclusão dos que estão em andamento.

A quantas anda o processo de licitação das glebas 1 e 2. Há previsão para regularizar estas áreas, como ocorreu com a gleba 3?
As glebas 1 e 2 estão em áreas pertencentes à união. O GDF aguarda o repasse da titularização destas terras que se encontram nessa região para a partir daí dar continuidade ao processo de regularização com a consequente venda dos terrenos.

Os alagamentos são problemas muito antigos na cidade, que pioram a cada ano nos períodos de chuva, mudam-se os governos e os problemas nunca são resolvidos. O que impede ou qual é a dificuldade de resolver uma questão tão grave como esta?
Os governos anteriores muito pouco fizeram para a solução definitiva deste problema. Nossa região recebe grande parte das águas de chuva desde Taguatinga, assim essas aguas pluviais chegam em grande volume, fazendo um enorme estrago em nossa cidade. Com o investimento de cerca de 560 milhões, teremos a conclusão das obras que estão em andamento e esse problema será sanado definitivamente, com preservação dos mananciais da região e o beneficiamento direto de mais de 100 mil pessoas.

Como avalia o diálogo da administração com os moradores?
Temos uma população muito ativa, que participa e cobra do estado as melhorias que tanto anseia. Uma das minhas primeiras determinações como administrador foi abrir um canal direto da administração com os moradores, pelos meios eletrônicos nossa comunicação se torna dinâmica e eficiente, dando respostas imediatas às demandas. Nossos moradores e suas entidades representativas desempenham um papel fundamental para o gestor, pois é a partir daí, dessa colaboração, que são direcionadas as ações pontuais.

Como é esse diálogo com o Governo do DF?
Tenho um grande amor por essa cidade, nela resido há vários anos com minha família, acompanho de perto toda a expectativa da população. Também conheço o carinho e o respeito que o governador Rollemberg tem por essa região, daí o maior investimento de recursos da história da cidade, jamais feito por outro governo. Temos o objetivo em comum e não poderia ser de outra forma, esse diálogo é permanente e é assim, com muito trabalho e comprometimento, que vamos continuar levando mais dignidade e qualidade de vida à nossa população.

http://www.alo.com.br/noticias/uma-nova-vicente-pires-433005
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade