banner

terça-feira, 3 de abril de 2018

author photo

Marina Silva e Joaquim Barbosa descartam aliança em eleição

Nas palavras do presidente do PSB, partido ao qual o ex-ministro do STF vai se filiar, uma coligação com a política da Rede é “improvável”

Uma eventual aliança entre a presidenciável da Rede, Marina Silva, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, para as eleições deste ano, está praticamente fora de questão, segundo interlocutores de ambos os lados. Nas palavras do presidente do PSB, Carlos Siqueira, uma chapa com a ex-ministra do Meio Ambiente é “improvável”.

Marina e Barbosa chegaram a se encontrar mais de uma vez no ano passado, sempre com a mediação do ex-ministro do STF Carlos Ayres Britto. Mas, segundo interlocutor de Barbosa, ele não conversa com ela há meses.

“Ainda que uma figura como o Joaquim Barbosa venha para a política e possa contribuir, sim, devemos olhar para a estrutura institucional formada. Isso é importante para a renovação não ser apenas nominal”, afirmou Marina à reportagem, após ser questionada sobre como avalia uma eventual candidatura do ex-presidente do STF.

Barbosa vem sendo cortejado pelo PSB há meses, mas só na quinta-feira passada, após um encontro com Siqueira, a filiação tomou forma. O ex-ministro deve se juntar ao partido ainda nesta semana sem a garantia de ser candidato.

Os nomes de Marina ou da Rede não entraram na conversa, segundo Siqueira. Ele lembrou da oposição da Rede aos três governos do PSB. “É improvável a coligação. Se ela acha que os nossos governos não merecem o apoio da Rede, porque nós vamos apoiá-la?”, questionou.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade