banner

sexta-feira, 25 de maio de 2018

author photo
Brasília (DF) – “O seu voto não envelhece” foi tema de um bate-papo ao vivo na página do Facebook do PRB Nacional, nesta quinta-feira (24), com o coordenador nacional do PRB Idoso, Ricardo Quirino.
O debate foi conduzido pela coordenadora da Agência PRB Nacional, jornalista Helen Assumpção, e pelo jornalista Maurizan Cruz.
Com a experiência de quem já comandou a Secretaria do Idoso do Distrito Federal entre 2011 e 2014, Ricardo Quirino foi responsável, à época, pela implantação de programas e políticas públicas voltadas para às pessoas idosas que até hoje funcionam no DF.  O trabalho foi referência para diversas conquistas para os idosos não só na capital do país, mas em outras cidades brasileiras.
“Lá pelos meados de 1994 formamos um grupo de idosos em um trabalho social e jamais poderíamos imaginar que no ano de 2011 seríamos convidados para estar à frente de uma secretaria. E foi uma experiência maravilhosa. Foi a primeira Secretaria de Estado do Brasil lutando com a comunidade idosa. Desde programas simples de atenção à pessoa idosa, regularização de entidades, conselhos dos idosos e programas socais foram estabelecidos e isso só nos fez crescer”, destacou Quirino.
Em sua fala sobre o papel do PRB Idoso e os desafios do movimento em ano eleitoral, Ricardo Quirino lembrou que a população brasileira envelhece de forma célere e que é preciso haver uma maior atenção e preparação para com este público que nas eleições deste representam 18,6% do eleitorado, o que resulta em 27,3 milhões de votantes, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
“Nosso país é o que a população envelhece mais rápido em todo o mundo e a importância do PRB Idoso em estar acompanhando tudo aquilo que acontece tanto na produção legislativa como leis que são aprovadas e trabalhos em relação à população idosa. Trabalhamos para desenvolver programas e trabalhos aonde a pessoa idosa sinta que o partido se importa como ela. E o PRB é o único partido político que tem um trabalho específico para o idoso. Nosso papel também é dar sugestões aos nossos parlamentares”, afirmou o coordenador.
Presentes em vários estados brasileiros, o PRB Idoso é um movimento aberto à todas as idades.  “O PRB Idoso é um movimento setorial aberto à toda a sociedade. Em 1991, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu que o trabalho para a pessoa idosa seria para todas as idades. E nós fazemos um trabalho para envolver toda sociedade. Adolescentes, jovens, adultos, todos fazem parte de nosso trabalho e podem participar. Basta querer aprender e se dispor a trabalhar na valorização do ser humano, pois quando se fala em idoso está se falando em família”, explicou Quirino.

Participação nas eleições

Ao falar sobre o voto das pessoas idosas nas eleições deste ano, Ricardo Quirino defendeu a importância de a sociedade incentivar o comparecimento deste público às urnas. “Nas eleições de 2014, a abstenção das pessoas com idades entre 60 e 69 anos foi apenas de 16%, que é o mesmo número das pessoas obrigadas a votarem. Então, isso mostra que a pessoa idosa quer participar quando ela é incentivada. Quando a pessoa chega aos 70 anos, que o voto é facultativo, lhe falta incentivo. Elas precisam de educação e incentivo e o PRB Idoso está fazendo isso. O voto da pessoa idosa é um voto consciente, experiente e específico, pois, o idoso vai estar atento às propostas dos candidatos”, disse Quirino.
Ao avaliar os trabalhos dos parlamentares republicanos para com as pessoas idosas, Ricardo Quirino elencou que o partido dispõe de muitos defensores desta causa e que ao escolher em quem votar isso seja levado em consideração.
“Fico tranquilo com nossos parlamentares do PRB, pois têm lutado e apresentado propostas em favor dos idosos. Temos, por exemplo, o deputado federal o Cleber Verde (MA) que é um defensor nato dos aposentados. Márcio Marinho (BA) tem um projeto que endurece as penas para quem comete crimes contra idosos; o deputado estadual Jeferson Rodrigues (GO) que criou na Assembleia Legislativa de Goiás a Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa; e aqui no DF temos o deputado Julio Cesar que atua em defesa dos idosos”, comentou Quirino.
Sobre os desafios enfrentados pelos idosos no país, Ricardo Quirino disse que ainda existem direitos que não são assegurados, mas se diz otimista e confiante nas melhorias.
“Nossos idosos reclamam muito da dificuldade para se aposentar. Eles querem que seus direitos estabelecidos no estatuto sejam garantidos, as vagas no transporte, que infelizmente a maioria não respeita, a necessidade de condições para que a que a pessoa idosa se mantenha no mercado de trabalho, dentre outras prioridades”, ressaltou.

Combate à Fake News

Ao comentar sobre a propagação de notícias falsas em ano eleitoral, conhecidas como Fake News, Ricardo Quirino aconselhou aos idosos a não compartilharem conteúdos de fontes desconhecidas.  “A primeira coisa a avaliar, as fake news têm uma caracteriza específica, ou ela exalta ou denigre a imagem das pessoas, desconfie. Sugiro que fale com o filho, com outras pessoas, mas não dê total credibilidade à estas notícias.  Não saia espalhando, procure as fontes”, aconselhou Ricardo Quirino.  
O republicano concluiu o bate-papo sugerindo que a pessoa idosa participe das eleições deste ano e contribua com o processo democrático.
“Vote, vá às urnas. Não deixe que te desestimulem. Os direitos da pessoa idosa serão efetivos quando tivermos mais representantes comprometidos com esta causa e a garantia é por meio do voto de confiança com a pessoa que tem compromisso com o idoso”, finalizou Ricardo Quirino.

Assista o vídeo

Texto e foto: Agência PRB Nacional
Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.
Fonte: PRB Nacional 
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade