banner

quarta-feira, 13 de junho de 2018

author photo

Liquigás só está fornecendo as grandes empresas.Desde a paralisação dos caminheiros, a cidade Estrutural está em uma crise por falta de gás butano, o famoso gás de cozinha, os dois principais distribuidores da cidade, não estão dando conta de atender a demanda da população que hoje está em torno de cento e sessenta mil habitantes.

Segundo informações de um representante (revendedor autorizado) da Liquigás, já faz 15 dias que a mercadoria está paga e a fornecedora (Liguigás) não faz a entrega.


Alexandre Bedran presidente da Ampec (Associação das Micros e Pequenas Empresas da Estrutural), relatou a nossa equipe que a Liquigás está fornecendo gás butano somente para grandes empresas, que compram apartir de 1000 (Mil) unidades por dia.

Um exemplo é a supergasbrás, a empresa compra acima de 1000 botijões e distribuem para seus revendedores em todo o DF, um desses distribuidores fica localizado na Estrutural, mas o problema é que esse único depósito representante da supergasbrás na cidade, só está recebendo em torno de 40 a 70 botijões por dia.

Nossa equipe tentou entrar em contato com a Liquigás e Petrobrás que são as responsáveis pela distribuição e não fomos atendidos.

Todos os dias os moradores da Estrutural estão sofrendo com essa falta de uma necessidade básica e muitas vezes são obrigados pagar a mais para os vendedores clandestinos.

Em quanto esse caos durar, quem sofre é o mais fraco.

Por Francisco Gelielcon
Estrutural on-line
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade