banner

sexta-feira, 1 de junho de 2018

author photo


Lembram do João Graça, aquele advogado que foi superintendente da Delegacia Regional do Trabalho no Paraná há alguns anos? Ora, pois, o homem está entre os presos pela Operação Registro Espúrio, da pela Polícia Federal. Foi em cana na manhã de hoje. para desarticular uma organização suspeita de fraudar a concessão de registros sindicais no ministério do Trabalho. Trata-se do advogado João Graça, ex-superintendente regional do ministério no Paraná. Foi também assessor dos ministros Carlos Lupi e Manoel Dias nos governos Lula e Dilma.

Cerca de 320 policiais cumprem oito mandados de prisão preventiva, 15 de prisão temporária e 64 mandados de busca e apreensão, além de medidas cautelares, em oito estados do país. A PF investiga esquema de corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro no Ministério do Trabalho.
Três deputados federais são alvos da ação: Paulinho da Força (SD-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Wilson Filho (PTB-PB). A sede da Força Sindical também é alvo da ação da PF. O ex-deputado federal e presidente nacional do PTB Roberto Jefferson, pivô do escândalo do Mensalão do PT, também é alvo de busca e apreensão.
Blog do Fábio Cambana 
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade