banner

sexta-feira, 20 de julho de 2018

author photo

Após apoio da Rede, Rollemberg fica longe de convenção de Ciro

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) preferiu não comparecer à convenção nacional do PDT que oficializou, nesta sexta-feira (20/7), Ciro Gomes à corrida presidencial pelo partido. O gesto ocorre três dias após a Rede, sigla da também postulante ao Planalto Marina Silva, ter declarado apoio à reeleição do socialista. Outro aliado, o PV seguirá com a ex-ministra do Meio Ambiente na disputa pelo Executivo nacional.

No início de julho, Rollemberg chegou a furar a agenda para encontrar pessoalmente o agora candidato pedetista oficial ao Planalto. À época, o governador defendeu de forma enfática a aproximação nacional do PSB com o ex-ministro. Como troca, o chefe do Palácio do Buriti nutre expectativas de que o PDT apoie sua reeleição.

Contudo, com a entrada do partido de Marina Silva na chapa de Rollemberg, o jogo se complica. Caso se confirme nacionalmente a coligação entre PSB e PDT, o governador terá de pedir votos para dois candidatos presidenciáveis, o que pode confundir a cabeça do eleitorado.

Mesmo assim, a torcida pragmática para a união entre socialistas e pedetistas ainda é grande, em especial de apoiadores de Rollemberg. No entanto, por ser próximo da ex-ministra do Meio Ambiente e também pela força de votos da acreana no Distrito Federal, a ausência do governador na convenção de Ciro pode representar mais do que apenas uma falta. Caiu como uma luva.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade