banner

terça-feira, 24 de julho de 2018

author photo

Mesmo com tudo nas mãos, Frejat desiste do Buriti e diz ao povo que não fica

Ao invés da fumaça branca, a fumaça preta foi que saiu da chaminé do PR nacional, anunciando a desistência definitiva do médico Jofran Frejat de concorrer a disputa pelo Buriti. A decisão foi tomada pelo próprio pré-candidato nesta manhã de terça-feira (24/07), durante uma reunião na presença do presidente nacional do Partido Republicano, Valdemar da Costa Neto

Por Toni Duarte//RADAR-DF

A decisão de Jofran Frejat, líder em todas as pesquisas de intenção de votos e que poderia ganhar as eleições em primeiro turno, surpreender o mundo político brasiliense. Frejat começou a desacelerar a 12 dias quando tomou a decisão de se recolher para refletir se continuava ou não na disputa eleitoral desse ano.

Alegou inicialmente que não venderia a alma ao diabo, numa alusão de que estaria sendo pressionado dentro do seu próprio partido para esquartejar o seu provável governo.

Resolvido a situação com o isolamento de Arruda e de alguns de seus prepostos dentro do PR, Frejat exigiu dos partidos que formava a coligação, total liberdade para a escolha do vice. O MDB, que deveria indicar o nome abriu mão desse direito.

Hoje pela manhã, o presidente nacional do PR, Valdemar da Costa Neto, entregou o resultado de uma pesquisa realizada pelo instituto Exata, que ainda falta ser registrada no TSE, que revela a supremacia do ex-secretário de saúde em relação a todos os seus adversários.

Costa Neto colocou o partido no DF para que Frejat mudasse o que quisesse.

Ao final da reunião, a palavra final de Frejat foi: “desisto. Não serei mais candidato ao Buriti” e se foi.

Arruda comemorou a decisão.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade