banner

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

author photo


Por Josiel Ferreira

Com o registro barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) baseado na Lei da Ficha Limpa, o ex-governador José Roberto Arruda entrou com um pedido de liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para suspender a condenação em processo da Operação Caixa de Pandora que o tornou inelegível e tentar concorrer ao Governo de Brasília.

Parada desde outubro 2017 a Justiça do Distrito Federal determinou a retomada dos processos da Caixa de Pandora que citam Arruda. Arruda pediu uma periciar o gravador usado pelo delator Durval Barbosa.

Na época foi revelado esquema Operação Caixa de Pandora que ficou conhecido como “mensalão do DEM”. O político busca rever a sentença de 3 anos e 10 meses na “Farra dos Panetones”, um dos episódios da Caixa de Pandora.

O juiz Newton Mendes de Aragão Filho – responsável pela decisão – argumentou que a tramitação dos processos deve ser retomada, uma vez que a realização da perícia nos equipamentos já foi acatada e está em andamento

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade