banner

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

author photo

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro (PSL) tem 28,2% e Haddad (PT), 17,6%

Levantamento ouviu 2.002 eleitores em 25 unidades da Federação acerca da intenção de voto para presidente da República
A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou, nesta segunda-feira (17/9), nova pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República. Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 28,2%, seguido por Fernando Haddad (PT), 17,6%, e Ciro Gomes (PDT), com 10,8%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança.
Logo após, aparecem o postulante do PSDB, Geraldo Alckmin, com 6,1%, e a candidata da Rede, Marina Silva, com 4,1%. Foram entrevistados 2.002 eleitores de 25 unidades da Federação e 137 municípios do país. A sondagem foi realizada entre 12 e 15 de setembro.
Na última consulta estimulada feita pela CNT em parceria com o Instituto MDA Pesquisa, realizada em agosto, constava o nome de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista tinha 37,3%, seguido por Jair Bolsonaro (PSL), com 18,8%, e Marina Silva (Rede), com 5,6%.
Segundo turnoNo cenário de pesquisa estimulada para o segundo turno, Jair Bolsonaro é derrotado somente por Ciro Gomes. No duelo, o pedetista alcança 37,8%, contra 36,1% do militar da reserva.
Ao enfrentar Fernando Haddad, o presidenciável do PSL atinge 39,0% diante de 35,7% do petista. A vantagem do deputado federal é ainda maior quando enfrenta Henrique Meirelles (MDB): 38,6% x 25,7%. Margem parecida o líder das pesquisas tem contra o tucano Geraldo Alckmin. Em um eventual segundo turno, o parlamentar atingiria 38,2% diante de 27,7% do ex-governador de São Paulo.

A pesquisa CNT/MDA também avaliou um possível cenário entre Bolsonaro x Marina Silva. Ele teria 39,4% dos votos. A postulante pelo partido Rede, 28,2%.

Embora esteja em terceiro nas pesquisas, Ciro Gomes venceria os adversários em todas as consultas no segundo turno. Ao enfrentar Haddad, o pedetista teria 38,1% diante de 26,1% do petista. Contra Meirelles, o representante do PDT vai a 43,5%. O emedebista soma 14,8%. Venceria Alckmin por 39,6%, contra 20,3% do postulante ao Planalto pelo PSDB. Também lograria êxito concorrendo com Marina Silva. No duelo, ele teria 43,8% e a candidata da Rede ,17,1%.

Pesquisa estimulada CNT/MDA (17/9/2018):

Jair Bolsonaro (PSL) – 28,2%
Fernando Haddad (PT) – 17,6%
Ciro Gomes (PDT) – 10,8%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 6,1%
Marina Silva (Rede) – 4,1%
João Amoêdo (Novo) – 2,8%
Alvaro Dias (Podemos) – 1,9%
Henrique Meirelles (MDB) – 1,7%
Cabo Daciolo (Patriota) – 0,4%
Guilherme Boulos (PSol) – 0,4%
Vera (PSTU) – 0,3%
Eymael (DC) – 0,0%
João Goulart Filho (PPL) – 0,0%
Branco / Nulo – 13,4%
Indecisos – 12,3%
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade