banner

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

author photo

“Nossa cidade viveu quatro anos de muitas tristezas”, diz Julio Cesar
Em entrevista, distrital afirma que, apesar de ter apoiado Ibaneis, deixará o futuro governador “à vontade” para montar secretariado.
Deputado distrital da atual legislatura, Julio Cesar (PRB) foi eleito para a Câmara dos Deputados, onde vai defender, a partir de fevereiro de 2019, a aprovação do projeto Escola sem Partido. 

Ao reconhecer o aumento do número de conservadores no Congresso Nacional, o futuro congressista — pastor licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus — garante que o embate com outros grupos ideológicos ficará apenas no campo das ideias.
“Vimos, em Santa Catarina, uma professora com a camisa do PT e com discurso contra Bolsonaro, isso dentro de sala de aula. 

Outra professora fez associação entre Che Gueveara e Jesus Cristo. 
A gente não pode querer impor ou deixar as crianças expostas a esse tipo de situação”, afirmou o deputado em entrevista ao Metrópoles nesta segunda-feira (26/11).
Tido como articulador de proposição que derrubou um decreto anti-homofobia, o distrital minimizou o caso ao lembrar que a ação não teria sido orquestrada pela bancada evangélica da Câmara Legislativa. 

Por conta da maioria na CLDF, o governo local — autor da proposta — recorreu ao Supremo Tribunal Federal para declarar a inconstitucionalidade da manobra legislativa.
“O setor produtivo defendeu essa posição. 

Você se imagina num estabelecimento e acontece uma cena de duas pessoas se beijando. 
O empresário pode não querer aquilo e, com esse texto do GDF, poderia ser enquadrado como criminoso. 
Temos respeito por todas as bandeiras, mas nosso trabalho é pelo respeito, acima de tudo, aos interesses da coletividade”, pontuou.
Integrante do PRB, partido que costuma integrar as bases governistas do DF, Julio Cesar afirmou que estará próximo da gestão do próximo secretário de Esportes, Leandro Cruz (MDB). Ex-secretário da área no DF, o evangélico elogiou o convite feito a integrantes ao atual ministro da pasta.
“Claro que sempre fica aquela desconfiança sobre eles ministros conhecerem ou não a cidade, mas em relação ao Leandro Cruz, vamos acompanhar de perto a gestão dele. 

Mesmo porque conhecemos cada detalhe da área e podemos ajudar”, afirmou o futuro congressista.
Veja o vídeo:
Apesar de o PRB ainda não ter sido contemplado pelo governo de Ibaneis Rocha (MDB), o distrital afirmou que o próximo ocupante do Palácio do Buriti “foi eleito” e “tem todo o direito de compor o próprio secretariado”. “Nossa cidade viveu quatro anos de muitas tristezas em várias áreas. 
É claro que o partido tem muitas pessoas com vasta experiência, mas vamos deixar o governador à vontade para decidir sobre sua gestão”, disse.
Eleição
Eleito para seu primeiro mandato como deputado federal, o distrital Julio Cesar (PRB) foi votado por 79.775 brasilienses, tendo como principal base eleitoral os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus.

Como deputado federal, Julio Cesar engrossa as fileiras da bancada evangélica no parlamento federal. 
Na Câmara Legislativa, ajudou a derrubar projetos e decretos favoráveis à comunidade LGBTI, como ocorreu com a lei anti-homofobia
Atualmente, trabalha com outros distritais para a aprovação do projeto Escola Sem Partido no DF.

Pastor da igreja do bispo Edir Macedo, Julio foi secretário de Esporte, no governo Agnelo Queiroz (PT). Em 2014, foi o distrital com maior número de votos. 
Já na gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB), o deputado foi líder de governo, mas deixou o posto ao ser envolvido em denúncias da Operação Drácon, em 2016.

Informações: https://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/deputado-julio-cesar-prb-e-entrevistado-ao-vivo-pelo-metropoles
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade