quinta-feira, 7 de março de 2019

author photo

Delmasso recua e deve desistir de propor volta de diárias e passagens para distritais
O vice-presidente da Câmara Legislativa, Rodrigo Delmasso (PRB), afirmou ao Correioque deve recuar e desistir de apresentar proposta para a volta do pagamento de diárias e passagens para deputados distritais. A ideia, segundo o deputado, era que os distritais só tivessem acesso ao benefício depois de justificar a necessidade do uso.
De acordo com Delmasso, porém, a proposta foi mal interpretada e, muito provavelmente, deve ser deixada de lado. O distrital está em reunião com assessores para chegar a uma decisão definitiva sobre a questão. “Queríamos propor o uso com uma regulamentação, que não existe hoje. Mas isso foi mal interpretado e devo recuar”, explicou.
Caso apresentasse a proposta, a avaliação seria feita pela Mesa Diretora da Câmara Legislativa. A expectativa era que a discussão ocorresse no próximo dia 20. Uma das justificativas de Delmasso era o fato de que boas oportunidades teriam sido perdidas pelos parlamentares pela falta do benefício.
O pagamento de diárias e passagens para deputados distritais foi suspenso em 2016 pela Mesa Diretora da Câmara Legislativa. À época, a casa informou que a economia seria de R$ 300 mil ao ano.
Críticas
Antes mesmo de se tornar realidade, a proposta de Delmasso gerou críticas de colegas parlamentares. O distrital Leandro Grass (Rede), por exemplo, contestou a iniciativa. “Sou contrário a qualquer aumento de despesas na CLDF. Precisamos discutir formas de otimizar o nosso trabalho, reduzindo gastos”, escreveu no Twitter.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA