( 00:00:00 )

quinta-feira, 7 de março de 2019

author photo
Bloco da Diversidade leva muita cor ao Entorno

Além do centro: Saiba quais são os principais blocos fora do Plano Piloto
Os polos de folia estabelecidos em pontos estratégicos abrigarão blocos e proverão grandes estruturas. O Taguaparque (Taguatinga) e a Vila Buritis (Planaltina) são dois setores
Além dos tradicionais Mamãe Taguá e Menino de Ceilândia, as regiões administrativas do DF têm muito mais a oferecer neste carnaval. Apesar de o Plano Piloto concentrar a maioria dos blocos, a folia não fica restrita à área central do DF. O governo listou 36 blocos nas regiões administrativas. São elas: Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Gama, Guará, Lago Norte, Núcleo Bandeirante, Planaltina, Riacho Fundo I, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga. Duas delas foram contempladas com setores carnavalescos.
Assim chamados, os polos de folia estabelecidos em pontos estratégicos abrigarão blocos e proverão grandes estruturas. O Taguaparque (Taguatinga) e a Vila Buritis (Planaltina) são dois setores. Outras festas, que não aderiram ao Edital Carnaval de Rua 2019, esticam a lista de blocos na zona fora do centro.
Eles querem
O motorista Kleiton de Paula, 34 anos, não quer saber de folia no Plano Piloto. Ele e um grupo de amigos são organizadores do bloco Vem Kem Ker, que circula anualmente pela Cidade Estrutural desde 2012.
O nome do cortejo ironiza a ideia que as pessoas não querem ir à cidade, vizinha do maior depósito de lixo da América Latina até o ano passado. “Queríamos protestar contra a falta de opções no carnaval”, contextualiza o maranhense, que comemora: “O bloco não tem histórico de violência”. O pioneiro abriu alas para que outros quatro blocos surgissem por lá.

Na Cidade Estrutural, Bloco Vem Kem Ker(foto: Kleiton de Paulo/Divulgação)
O bloco de Kleiton, que começou com apenas um carro circulando pelas ruas, juntou, em 2018, cerca de 4 mil foliões. Este ano, ele espera superar a marca. Pessoas de regiões próximas também vão para lá. “Hoje, a gente percebe que as pessoas ficam esperando pela saída do nosso bloco. Ainda mais porque curtir fora sai bem mais caro.”
Multicolorido LGBTS Folia — O Bloco da Diversidade levará muito glitter à Cidade Ocidental (GO). Baby Brasil, 32, artista e presidente do Instituto Amizade, ajuda a promover o bloco há 5 anos. Neste carnaval, pela primeira vez o cortejo atravessa a divisa em direção ao Entorno do DF.
O bloco da diversidade nasceu no Gama, depois se mudou para o Plano Piloto por alguns anos. “Devido à violência, voltamos para a periferia”, explica a drag queen nascida em Brasília, que também reforça a intenção de atingir outros públicos, aos quais as opções de entretenimento são mais escassas. “O pessoal no Entorno tem pouquíssima oportunidade de acesso à cultura”, diz.
VigorosaPela primeira vez, a praça da CNF será casa de um bloco de carnaval. Periga Ser é o nome da folia que procura dar ainda mais força à área que se fortalece como polo cultural em Taguatinga. Com contribuição do comércio local, a festa contará com as atrações Karai de Asa DJ Dani Verde, DJ El Bruxxo AKA Carlos Lago Guedes, Banda Talo de Mamona, Banda BiketuK e Cia Artcum.
“O bloco parte da união da nossa comunidade. Organizamos um evento típico colaborativamente. A cultura carnavalesca será celebrada em diversas modalidades, com marchinhas, sambas, axé, frevo e tudo que há de carnavalesco”, explica uma das organizadoras do evento, Luciana Ribeiro.

*Estagiário sob supervisão de Igor Silveira

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior