banner

sábado, 4 de maio de 2019

author photo
Com a presença de princesas e da família do Zé Gotinha, a Unidade Básica de Saúde 1 da Estrutural recebeu, neste sábado (4), a abertura do Dia D de Vacinação contra o Influenza. Durante todo o dia, 109 salas de vacina estarão abertas até às 17h. Ao todo, foram distribuídas 180 mil doses para a data.
“Até agora, imunizamos 220 mil pessoas e esperamos que até o dia 31 de maio a gente atinja 90% do público alvo, que é de 790 mil pessoas”, destacou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.


Ele disse, ainda, que é importante que todos se mobilizem na divulgação da campanha, pois a vacina ainda é o melhor meio de prevenção à gripe.


“É muito importante que os pais tragam seus filhos, já que eles não conseguem vir sozinhos. Em anos anteriores, este foi o público de menor adesão”, salientou.


Com a ideia de que prevenir é melhor que remediar, Lucinete da Silva levou os netinhos para vacinar. “A doença chega rápido, sem avisar e é perigoso. Então, melhor prevenir”, disse.
Durante o Dia D na UBS 1, ainda foram distribuídos kits de higiene bucal para as crianças, que eram maioria do público no local.
Na ocasião, também foram atualizadas cadernetas de vacinação.
PÚBLICO – Devem se vacinar crianças e gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto (puérperas), pessoas com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, indígenas, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras em condições clínicas especiais, bem como os adolescentes e jovens com idade entre 12 e 21 anos em medida socioeducativa, população privada de liberdade, policiais civis, militares e bombeiros, e os servidores do sistema prisional.
Aos 62 anos de idade, Antônio Gomes da Silva se vacinou contra a gripe pela primeira vez. “No ano passado, perdi a data da campanha, mas neste ano, quando soube que teria vacinação no sábado perto da minha casa, vim logo. Tudo que é para nossa saúde é importante”, disse.


A imunização é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da gripe grave e suas complicações. As vacinas utilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), durante as campanhas, são constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados. Portanto, são totalmente seguras e não causam a doença.
CAMPANHA – O objetivo da campanha, que vai até 31 de maio, é reduzir as complicações, internações e mortalidade decorrentes das infecções provocada pelo vírus da influenza na população-alvo. É importante receber uma nova dose anual porque a composição da vacina muda de acordo com o vírus circulante.
Alline Martins, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/ Saúde-DF
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade