banner

terça-feira, 25 de junho de 2019

author photo

Comandante da PMDF concede a Bolsonaro a mais alta honraria da corporação
Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos
O dia ontem foi de prestígio da Polícia Militar no Palácio do Planalto. De manhã, a comandante-geral da corporação, Sheyla Sampaio, concedeu ao presidente Jair Bolsonaro a mais alta honraria da PM, a Medalha Tiradentes. À tarde, houve a posse do novo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira. O governador Ibaneis Rocha esteve na solenidade em que o major da reserva da PMDF assumiu o cargo.
Facilitador
Na entrevista que concedeu ao Correio, publicada no domingo, o novo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, disse que vai ajudar as forças de segurança do DF, dentro de suas possibilidades e da disponibilidade financeira da União. Ou seja, dentro do possível. Mas ele se colocou como um aliado: “Esse tema vai passar por mim em algum momento, provavelmente na fase final, e eu serei um facilitador”, afirmou.
A pergunta que não quer calar….
Por que o STF tirou da pauta da 2ª turma o Habeas Corpus que analisaria a conduta de Sérgio Moro como juiz no processo em que o ex-presidente Lula foi condenado por corrupção no caso do tríplex do Guarujá?
Popularidade mantida no SudoesteEm seis meses de governo, o presidente Jair Bolsonaro não perdeu popularidade no Sudoeste. No bairro, que pertence à zona eleitoral 11, Bolsonaro levou 69,41% dos votos, no segundo turno da disputa. No último sábado, o presidente nem conseguiu fazer compras em supermercado da Quadra 301, pelo assédio dos moradores.
Futuro a Deus pertenceÀs perguntas sobre as próximas eleições, o general reformado do Exército Paulo Chagas responde que hoje não seria candidato. Mas não pode falar pelo futuro. O militar, que ficou em quarto na disputa ao Palácio do Buriti no ano passado, à frente de favoritos como Eliana Pedrosa (Pros) e Alberto Fraga (DEM), tem sido incentivado pelos amigos a tentar novamente. Ele, no entanto, está sem partido.
Corregedores de Justiça em BrasíliaBrasília vai sediar, amanhã e quinta-feira, o I Fórum Nacional dos Corregedores-gerais de Justiça. O evento será realizado no auditório do Conselho de Justiça Federal (CFJ), com a presença do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que fará a abertura.
Paralelos
No anexo III da Câmara dos Deputados, há um paralelo de duas avenidas ideológicas. De um lado, a Rua Marielle Franco, em memória da vereadora defensora dos direitos humanos, executada no Rio de Janeiro. Do outro, a Avenida Lava-Jato, no gabinete do deputado Marcel van Hatten (DEM-RS), em homenagem “à maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro já realizada no Brasil”. As duas reverências deveriam cruzar o caminho de todos, independentemente de partidos políticos.
Modernização da CâmaraPor iniciativa do deputado Rodrigo Delmasso (PRB), a Câmara Legislativa promove hoje audiência pública para discutir projeto de modernização das sessões plenárias. Está marcado para começar às 10h, na sala 1 das comissões. Entre as presenças confirmadas, a presidente do Tribunal de Contas do DF, Anilcéia Machado.
Aliado que atrapalhaO presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), recebeu ontem representantes da Polícia Civil do DF para tratar da paridade. Entre os presentes, o deputado Luís Miranda (DEM/DF), que tomou ontem uma pedrada do filho 03 do presidente Jair Bolsonaro. “Não sei se de fato o deputado Luís Miranda foi convidado, mas adianto: por mim, não seria bem-vindo. A arrogância com a qual fez questão de gravar vídeo destratando Paulo Guedes, as palavras dirigidas a Olavo de Carvalho e o apoio a Ciro em 2018 denotam não ser um parlamentar alinhado”, escreveu Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), sobre convite do parlamentar do DF para se filiar ao PSL.
Só papos

Leia mais: 
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade