banner

segunda-feira, 3 de junho de 2019

author photo


Thaís Rohrer, Ascom/SEEDFA caravana da Educação deixou sua marca no Guará e na Estrutural nesta segunda-feira (3/6). A manhã começou com uma visita surpresa ao Centro de Ensino Fundamental 3 da Estrutural. A escola desenvolve vários projetos de sucesso com os estudantes, entre eles, oficinas de marcenaria e aulas de meditação.

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

O secretário de Educação, Rafael Parente, deixou um recado aos estudantes do CEF 3 durante a visita: “Quem estuda mais, fica mais inteligente e no futuro tem os melhores empregos, mais qualidade de vida e consegue realizar mais sonhos. Outra coisa que nunca podemos esquecer é o respeito aos professores”.
O CEF 3 atende 1200 estudantes entre as 17 turmas de educação infantil e as 31 turmas de ensino fundamental. O local também vai receber um reforço no quadro de profissionais com a chegada de novos orientados pedagogos. Esse ano, já foram nomeados 646 orientadores pedagogos para toda a rede pública do DF.
A edição da caravana desta segunda é a décima. As vistas itinerantes vão percorrer todas as regiões administrativas do Distrito Federal. A comitiva da Secretaria Itinerante já visitou unidades em Samambaia, Ceilândia, Planaltina, Taguatinga, Gama, Santa Maria, Recanto das Emas, Núcleo Bandeirante e Brazlândia.

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

A segunda unidade visitada da manhã desta segunda (3) foi o Centro de Ensino Fundamental 2 da Estrutural. O local tem 1800 estudantes e funciona nos três turnos diariamente. A caravana é uma oportunidade de ver o funcionamento da rotina das escolas da rede, bem como de levar às escolas a equipe administrativa e pedagógica da SEEDF para receber as demandas. Além disso, a partir desses encontros são pensadas soluções em conjunto para os desafios enfrentados diariamente.
Elina Ravenny, 9 anos, é estudante do 4º ano no CEF 2 e conta como a educação é importante. “A escola mudou muito meio jeito ser e fui melhorando meu comportamento e minhas notas. Minha professora me inspira e nunca desistiu de mim, por isso quero ser como ela quando crescer. Eu era muito danada e tinha várias reclamações de comportamento, mas mudei completamente com o trabalho da professora Daniele e da equipe da escola”, contou a aluna.
Um dos objetivos da iniciativa é promover a escuta sensível das demandas locais. A Caravana da Educação desta segunda passou ainda por mais seis escolas da região: EC 1 da Estrutural, EC 2 da Estrutural, CED 3 do Guará, Cepag, CEF 8 e EC 5 do Guará.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade