banner

sexta-feira, 12 de julho de 2019

author photo

MPDFT cumpre mandado de busca e apreensão em escritório parlamentar de Robério Negreiros
O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagrou, nesta sexta-feira (17/07), a 2ª fase da Operação Absentia (ausência em latim). Os investigadores cumpriram mandado de busca e apreensão no escritório parlamentar do distrital Robério Negreiros (PSD), localizado no Edifício Venâncio III, no Conic. Custeado com recursos da verba indenizatória, paga pela Câmara Legislativa, o imóvel é alugado de um advogado, pelo valor mensal de R$ 2.366,00, com contrato firmado até dezembro.
A Operação apura a falsificação de mais de 50 folhas de ponto pelo deputado na Câmara Legislativa, com a ajuda do servidor Arlécio Alexandre Gazal, no período compreendido entre 2011 e 2019. Na 1ª fase, realizada na última semana, o MPDFT e a Polícia Civil recolheram cópias de documentos relacionados à homologação de atestados médicos, à folha de presença e à verba indenizatória. Se confirmadas as suspeitas, os dois devem responder por peculato e falsidade ideológica.
As medidas estão sob a responsabilidade da Procuradoria-geral de Justiça do DF, uma vez que envolvem deputado distrital com foro no Conselho Especial do Tribunal de Justiça do DF em caso de ações criminais. A investigação está a cargo também do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com o apoio da Policia Civil do DF.
Em nota, Robério Negreiros afirmou entender “as ações de hoje como naturais em um regime democrático e sob o império das leis”. “Temos certeza de que sairemos fortalecidos no final do processo, quando a verdade será restabelecida e os covardes denuncistas e mentirosos, desmascarados”, diz o texto divulgado pela assessoria de imprensa do deputado.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade