( 00:00:00 )

sábado, 31 de agosto de 2019

author photo

Justiça decreta prisão de Giba, mas defesa consegue habeas corpus
Jogador é acusado pela ex-mulher de não pagar pensão alimentícia aos filhos

Rio – O ex-jogador de vôlei Giba teve a prisão por 60 dias decretada no último dia 28, em processo movido por sua ex-mulher, Cristina Pirv, que o acusa de não pagar pensão alimentícia aos dois filhos do casal. No entanto, a defesa do atleta conseguiu um habeas corpus de cinco dias, evitando que ele fosse encarcerado. As informações são do blog “Saída de Rede”, do “UOL”.

Giba quase havia sido preso no ano passado pelo mesmo motivo. Na época, o jogador precisou quitar um débito de R$ 90 mil reais, mas voltou a atrasar o pagamento. Estima-se que a dívida chegou aos R$ 200 mil.

Segundo o ex-jogador, os valores são incompatíveis com seus atuais vencimentos, já que a pensão foi estabelecida na época em que ainda atuava. No entanto, até o momento, ele não provou a queda de seus ganhos mensais para que a Justiça determine um novo valor.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior