Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Moradora do Riacho Fundo I supera preconceito e idealiza 1ª Escola de Beleza Negra do Brasil

Dona de salão de beleza para cabelos cacheados, Adriana Ribeiro, transforma a vida de mulheres no DF O trabalho de Adriana Ribeiro (40) co...



Dona de salão de beleza para cabelos cacheados, Adriana Ribeiro, transforma a vida de mulheres no DF
O trabalho de Adriana Ribeiro (40) começou cedo no ramo da beleza, mas sua história de aceitação e quebra de preconceitos veio com o tempo e ao observar a necessidade, dela e de outras mulheres, em alisar seus cachos naturais.
Aos 12 anos, observando a mãe, cabeleireira, que cuidava de um salão de beleza na garagem de casa, no Riacho Fundo I, Adriana aprendeu as primeiras técnicas de cuidados com o cabelo, maquiagem e outros serviços de beleza. Aos 16 anos, começou a tomar conta do negócio, junto com sua irmã. “Na época, meu pai havia proibido a minha mãe de trabalhar com o salão, então tivemos que tomar conta do negócio”, conta ela.
Dos 18 aos 24, para cuidar do primeiro filho, Adriana começou a procurar empregos que completassem a renda. Trabalhou em outros salões de beleza, em lojas de shopping e em outros bicos sempre ligados à beleza. Ela conta que o mercado era sempre voltado para os cabelos lisos, tanto a disponibilidade de produtos, quanto nos serviços dos salões: “Meus cabelos eram alisados com química, e estava acostumada a fazer esse tipo de serviço em várias clientes também”.
Aos 26, teve a segunda filha, que foi a grande inspiração para uma mudança na forma de encarar sua própria identidade. “Minha filha, quando completou 2 anos, começou a querer alisar seus cachinhos também, e foi aí que comecei a me preocupar com uma insatisfação nela quanto a sua própria imagem”, diz Adriana.
O marido, que sempre elogiou os cabelos naturais de Adriana, também começou a incentivá-la a voltar aos cachos. Então, começou a aprender e estudar cada vez mais sobre os tipos de cabelos crespo, e as diversas formas de penteados e cuidados para aplicar, também, em outras mulheres. Todo o conteúdo que aprendeu veio através de vídeos e blogs americanos, nos quais ela traduzia o que não entendia do inglês pelo Google tradutor. Na época, o assunto ainda era pouco produzido no Brasil.
Com o tempo e com a ajuda do marido que virou sócio do negócio, Adriana foi profissionalizando suas técnicas e ensinando outros profissionais que passaram a fazer parte do seu time que hoje conta com 20 funcionários numa loja de 200 metros². O Salão Afro & Cia Ponto Chic, atualmente, oferece diversos serviços como maquiagem, penteados, apliques, restauração capilar, terapia capilar, corte e consultoria para que as mulheres tenham maior autonomia sobre seus cabelos crespos.
O novo projeto de Adriana é a 1ª Escola de Beleza Negra do Brasil: curso online e presencial que será lançado em breve, tanto para o público profissional, quanto para pessoas que queiram aprender a cuidar melhor dos próprios cabelos. Para dar início ao projeto, um workshop gratuito e online, chamado “Mães que Curam”, está sendo ministrado esta semana para para as mães de filhos com cabelos cacheados. O curso começou nesta quinta (23) e vai até sexta-fera (24). As vagas para este workshop já acabaram, mas há uma lista de espera para os interessados.
Nas redes sociais do Projeto, pode-se ver como o trabalho de Adriana transforma a vida e a autoestima de tantas mulheres e crianças que passam a se enxergar melhor e a gostar mais do próprio corpo, tanto daquelas que moram no Riacho Fundo I como em outras localidades do Distrito Federal.
Serviço
Workshop Mães Que Curam
Data: 23, 24 e 25 de Maio
Investimento: Gratuito
Local: Online
Inscrições: https://maes.institutopontochic.com.br/
Maiores Informações: suporte@institutopontochic.com.br
Contato: (61) 9 8260 – 9854