Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Dia do Feirante é comemorado neste domingo

A Secretaria das Cidades homenageia os trabalhadores que levam alegria ao dia dia dos brasilienses A origem da data comemorativa é uma hom...


A Secretaria das Cidades homenageia os trabalhadores que levam alegria ao dia dia dos brasilienses
A origem da data comemorativa é uma homenagem a primeira feira livre que ocorreu no país, em 25 de agosto de 1914, no Largo General Osório, no bairro Santa Efigênia, em São Paulo.
Curiosidades
A palavra feira teve origem em latim feria, que significa “dia santo ou feriado” e a palavra freguês, usada para tratar os consumidores de feira, originou-se também do latim filiu ecclesiae que significa “filhos da igreja”. Assim, no início, as pessoas ou fiéis aproveitavam as festas religiosas das suas cidades para se reunirem e trocarem mercadorias entre as pessoas de diferentes lugares e com diferentes itens. Esse modo de comércio ganhou força e importância econômica.
No Distrito Federal, tem aproximadamente 78 feiras, ou seja, em quase todas as Regiões Administrativas, algumas com mais de duas. Cada feira com sua identidade própria e cultura local. Sendo ponto de visitação constante dos moradores e alguns pontos turísticos.
O feirante é um trabalhador com uma rotina que se inicia bem cedo, muitos no início da madrugada, com as compras dos produtos a serem comercializados naquele dia. Alguns vão ao mercado-distribuidor todos os dias, outros fazem compras permanecendo abastecido por dia e meses.
Há também a característica democrática nas feiras, todos os tipos de comerciantes. A feira é acessível e frequentada por pessoas de diferentes origens, independente de classe econômica ou social. É um lugar em que predomina o calor humano.
O fator econômico motiva a insistência desse tipo de comércio, uma vez que os fregueses usam dinheiro em espécie em sua maioria, ou seja, uma circulação imediata de capital, o que favorece o feirante, embora hoje disponibilize outros meios de pagamento, como os cartões de crédito/débito.
É um local tradicional desde os pequenos bairros até os mais nobres. Chama a atenção pelo colorido do lugar, estrutura e pelo som que é algo único. A abordagem da fala enfática dos feirantes, de promoções e da qualidade de seus produtos anunciadas o tempo inteiro, seguido do convite para que os fregueses parem para conhecer o seu box.
Nas feiras brasileiras, tudo se encontra. Desde frutas e verduras, que são os protagonistas do ambiente, a artesanato, roupas e sandálias de couro. As barracas de pastel também são carro chefe e fazem sucesso entre os frequentadores. É quase um hábito se escorar no balcão e fazer um pedido de pastel com caldo de cana após as compras.
É uma manifestação da cultura brasileira que se mantém apesar do crescente avanço do desenvolvimento do comércio, mesmo assim, a feira livre se mantém viva, tanto nas pequenas como nas grandes cidades. Todos nós temos uma história de identidade e lembrança de uma feira, seja pelos produtos que são encontrados ou simples lazer.
É um ambiente em que há aqueles que pechincham e procuram algo específico, bem como aqueles que criam laços de afetividade, rompendo a relação comerciante e freguês, o que sustenta a tradição de ir à feira toda semana. As feiras brasileiras, são pontos de visitação turística pela importância histórica e cultural de suas localidades, o que evidencia o patrimônio da cultura.
Vídeo

Tocador de vídeo
00:56
02:32
Fabrina Duarte
Ascom SECID
Fabrina Duarte
Ascom SECID