( 00:00:00 )

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

author photo

Ao tentar fugir de unidade de saúde, Champinha faz enfermeiro refém
Roberto Aparecido Alves Cardoso foi condenado pelo assassinato do casal Liana Friendebach e Felipe Caffé, em 2003
Roberto Aparecido Alves Cardoso, o Champinha, condenado pelo assassinato, em 2003, do casal Liana Friendebach e Felipe Caffé, tentou fugir na madrugada desta quarta-feira (04/09/2019) da unidade experimental de saúde onde está internado há 12 anos, na zona norte de São Paulo. São informações das revista Veja.
Na época dos assassinatos, Champinha tinha 16 anos. Hoje, ele tem 33 anos.
Ele e outro interno fizeram um enfermeiro refém por volta das 2h. A negociação pela rendição durou cerca de uma hora e ninguém ficou ferido.
O detento vive com outros quatro internos na unidade experimental de saúde localizada no bairro de Vila Maria.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior