( 00:00:00 )

sábado, 14 de setembro de 2019

author photo

Bombeiros proíbem gás na Galeria dos Estados e donos de restaurantes temem fechar
Com alterações projetadas pela Novacap após a queda do viaduto, comerciantes reclamam que terão custos adicionais com obras
Mais de um ano e meio após a queda do viaduto no Eixão Sul, a Galeria dos Estados segue em processo de revitalização. Com alterações projetados pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), porém, comerciantes reclamam dos custos adicionais e têm dúvidas quanto à permanência no centro comercial.
As obras na galeria, iniciadas em 11 de fevereiro, estão calculadas em R$ 4.964.221,44 e previstas para acabar em julho de 2020. Segundo a Novacap, o projeto de arquitetura do comércio foi aprovado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), no dia 20 de setembro de 2018.
Uma das exigências da corporação como medida de segurança foi a proibição do uso de gás encanado e em botijão. A decisão, no entanto, só fora apresentada aos empresários do local no início de setembro, segundo a Associação de Lojistas da Galeria dos Estados. “O que foi colocado é que, teoricamente, eles queriam que fosse substituído por fogão elétrico”, disse Laércio Moura Júnior, presidente da entidade.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior